compras1

O conflito é sempre o mesmo, comprar ou não roupas novas quando se está acima do peso. Complicada essa questão, só quem nunca passou por isso que não irá entender, porque é muito chata essa história de efeito sanfona. Passamos um mês magro e os outros onze meses correndo atrás do prejuízo, querendo ter um corpo enxuto para caber na roupa que na hora do impulso comprou dois números menores. Ah, confesse que no seu guarda-roupas tem centenas de peças ainda com etiqueta.

Não é algo fácil mesmo de encarar, a balança já virou a inimiga número um, imagine o espelho. Saímos correndo de casa só prestando atenção no rosto para não passarmos vergonha de estar com os lábios todo manchado de pasta de dente quando chegarmos à faculdade ou no trabalho.

Já passou por isso, né? Bom, todo mundo paga um mico de vez em quando, mas quando o assunto é estar acima do peso, toda a gama de estresse chega junto, o que não é bom fica ainda pior. Tentamos ficar animadas, colocamos uma calça que ficou boazinha, escolhemos uma blusa soltinha, mas depois do almoço parece que engolimos o buffet inteiro. A barriga começa mostrar que não está contente e todo o bom humor vai por água abaixo. Claro que junto com o bom humor vai embora também o pouco de autoestima que conseguimos sentir pela manhã na hora que acordamos e nos sentimos com a barriga murcha.

Essa briga é uma parceria de anos, meses na melhor das hipóteses, então é hora de dar um basta e fazer o possível para sentir-se bem. Compre umas roupas bacanas, invista no que tem de bonito em si mesmo, quem sabe valorizar o colo, o bumbum, afinal se não se amar aí ficará bem difícil não concorda?

Nada melhor do que ter roupas que nos cabem na hora de nos vestirmos pela manhã, saímos de casa mais animadas, confiantes e até sorridentes, mesmo que ainda não estejamos dentro do peso que tanto ansiamos. A perda de peso nesse caso é secundária, você pode começar se cuidar, mudar a alimentação, praticar atividades físicas e ir perdendo os quilinhos extras que tanto incomodam.

Porém, irá fazer isso em grande estilo, sem essa que ouço de muitas mulheres que só comprarão roupas quando perderem peso. Além de se sentirem péssimas dentro das roupas apertadas, ainda se punem vestindo roupas que apertam e as fazem sentir-se expostas.

Então suba no salto, rode a baiana e vá ser feliz, até porque você não sabe quando tomará a decisão final de perder peso, até lá continue vivendo em grande estilo, ficando bela para si mesma.

Salvar

Salvar