Tenho ouvido e lido muitos comentários de pessoas que estão adquirindo peso como se esse momento fosse um passe livre para comer de forma desequilibrada.

Para quem apresenta episódios de compulsão alimentar e ansiedade realmente não é fácil manter o controle diante de tudo o que estamos vivendo, porém é um momento especial para olhar um pouco mais para si mesmo e entender o porquê isso acontece e como poderia melhorar cuidando da alimentação.

Muitas pessoas estão descobrindo o prazer de cozinhar, de testar receitas e apreciando o cuidado com a alimentação e com a saúde. Talvez no começo possa ser meio desafiador, mas já ouvi diversos relatos de pessoas que desenvolveram o prazer de cozinhar para si e para os que amam.

A questão é que a comida é uma fonte de conforto e se encaixa muito bem diante de toda essa tensão que o coronavírus nos apresenta. Nada mais gostoso do que comer algo que seja saboroso, que arranca até um suspiro, mas é preciso estar atento.

A comida que nos alimenta também pode ser a fonte de uma série de problemas quando a utilizamos de forma desequilibrada. A obesidade em si é uma delas, que afeta diretamente a saúde. Sendo assim é importante lembrar que mesmo que nos proporcione um alívio momentâneo é fundamental que possamos manter a mente e o corpo saudável buscando outras fontes de prazer.

Ao mesmo tempo que estamos limitados quanto a atividades presenciais temos disponíveis vários recursos via internet para nos entreter. Dentre essas opções podemos desenvolver habilidades, aprimorar conhecimento e também nos divertir.

Ao desviar o foco da comida ampliamos recursos e nos proporcionamos acolhimento, carinho para com o nosso corpo e contribuindo para a nossa autoestima.

Algumas opções simples que podemos utilizar:

– Aulas de dança, pilates, meditação e yoga. Atualmente há vários profissionais disponibilizando gratuitamente via internet ou a um preço acessível;

– Filmes e documentários;

– A leitura de livros, aqueles que você tem guardado na estante ou mesmo algum recomendado por algum amigo;

– Projetos que precisam se tornar concretos, pois agora é o momento de dar um espaço para a criatividade aflorar;

– Bordados, tricô, crochê, macramê e pintura;

– Não importa o espaço disponível, sempre é possível cultivar uma horta, flores e ervas;

– Pequenas reformas em móveis, paredes e espaços da casa.

O momento que estamos vivendo é extremamente desafiador, porém podemos enfrentá-lo de forma mais produtiva se nos organizarmos. Aproveitem as dicas e mãos à obra.