Existem temas que estão sempre sendo discutidos e a felicidade é um desses que chamam a atenção, até porque não é muito compreendida pela nossa sociedade. Há anos somos levados a acreditar que a felicidade é algo a ser comprado, e esse é um nicho que é explorado absurdamente. Buscamos encontrá-la em vários lugares, objetos, viagens, pessoas, e é claro que muitas vezes essas opções trazem um lampejo de felicidade, mas logo se apaga e nos sentimos insatisfeitos novamente. Um círculo vicioso que se instala e muitas vezes não percebemos o quanto estamos iludidos, sendo um dos gatilhos da depressão, do comer excessivo, da ansiedade, entre outros sintomas.

Como há anos eu trabalho com pessoas, recebo diariamente queixas que remetem a esse tema e percebo a necessidade de ajudá-los nesse processo que eu também passei, afinal todos somos vítimas desse sistema de crenças. Passei boa parte de minha vida focando na infelicidade, fui buscar a terapia como forma de cura e foi a partir desse processo que fui encontrando sentido para a minha vida. Anos depois quando conheci a meditação e entrei em contato com algo maior que me conectei espiritualmente e fui entendendo que a felicidade estava dentro de mim.

Quando paramos para olhar para o que nos traz dor e infelicidade, vamos compreendendo que passamos a vida acreditando que o ter nos traria a felicidade, mas na verdade é preciso estar em paz consigo mesmo. No entanto para isso ser possível, é preciso desenrolar um emaranhado de verdades que escolhemos acreditar e buscar a reconexão com o eu divino que está dentro de nós mesmos.

Talvez tudo isso pareça muito subjetivo para você que está lendo, e eu concordo contigo. É preciso experenciar para poder entender como a vida muda quando começamos a focar dentro e não fora. Vamos compreendendo tudo o que precisamos mudar, aprendemos a ser gratos pela vida e a nos deliciar vendo uma flor.

É preciso muito pouco para ser feliz, mas é preciso lembrar que não existe uma fórmula, você precisará traçar o seu caminho, passar por diversas situações para entender o que digo, sendo o autoconhecimento o seu guia. Afinal, nada é muito fácil na vida quando focamos no material, mas conforme for aprendendo um novo caminho, automaticamente irá perceber que a vida é ser, e nesse processo você pode sim usufruir de tudo o que já tem, mas consciente que a felicidade é um estado interno.