Estamos vivendo um momento político muito desafiador, muitos estão confusos e tristes com os candidatos que estão disponíveis nessa eleição. Não é fácil depender de outras pessoas para cuidar do nosso bem maior que é o nosso país. Esse cuidado que estamos buscando deveria garantir paz, saúde, respeito e amor para todos. Um direito de cada ser humano.

Fico pensando no quanto estamos longe de mudar essa realidade, pois não será uma escolha política que nos salvará, e sim a nossa mudança de postura. Se não ficou claro ainda para você, basta parar por alguns minutos e olhar ao seu redor, vou te ajudar nisso.

– Em seu trabalho, um passando a perna no outro, usando de artifícios maldosos para derrubar alguém, falando mal, provocando mal-estar.

– Quantas pessoas você conhece que em algum momento contou que teve a “sorte” de receber um troco errado e ficou quieto, saiu pelo acostamento para tentar sair do congestionamento na estrada, contou fofocas para um colega para criar intrigas, desrespeitou alguém na fila do mercado, passou perto de uma pessoa dormindo na rua e fez de conta que não precisa fazer nada?

– Nesse momento está vibrando ódio pelo candidato que você não gosta, rompendo vínculos de quem vai votar no outro partido, desejando que uma bomba exploda e o fulano não se eleja?

– Chega em casa e responde mal aos familiares, está sempre contrariando o desejo do parceiro, regulando um passeio com o filho, esquecendo de dar um parabéns ou um presente que pode deixa o outro feliz?

São tantas situações, não tem como não olhar para si mesmo e se identificar em alguma situação que citei acima ou algo semelhante. A verdade é que nós precisamos mudar, sermos mais amáveis, ter tolerância, seguir regras, ser honestos, ter valores sólidos e seguir a lei.

A mudança começa com cada um de nós com atitudes do bem. É preciso olhar para o que está disfuncional, para a impaciência, para a forma que se comunica com as pessoas, para o que estamos plantando.

Meu convite é que busque dentro de você o que deseja para esse governo, que faça a sua parte para uma realidade melhor. Não é o outro que irá mudar o todo, mas cada um de nós com as nossas escolhas, a responsabilidade é nossa.

Desejo que possamos ser mais íntegros, só assim poderemos ser mais felizes.