'Slow beauty' valoriza técnicas e produtos naturais, orgânicos, artesanais e veganos Foto: Sarah Comeau/ Unsplash

‘Slow beauty’ valoriza técnicas e produtos naturais, orgânicos, artesanais e veganos Foto: Sarah Comeau/ Unsplash

A cultura slow na área de beleza ganha espaço no Brasil valorizando atitudes e produtos que não prejudiquem a saúde física e mental, a sustentabilidade ambiental e animal e o comércio justo. Os consumidores desse mercado evitam usar produtos altamente industrializados – com parabenos e sulfatos, por exemplo – temendo os efeitos no corpo a longo prazo e também o descarte dessas substâncias na natureza. Para tornar o tema mais popular e promover marcas orgânicas e veganas, surgiu o Slow Market.Beauty. A primeira edição do evento tem entrada gratuita e ocorre neste fim de semana, 20 e 21, em São Paulo.

“O conceito slow beauty é bastante holístico, é um movimento de dentro para fora, é uma maneira de lidar com a vida. É se valorizar do jeito que você é, quebrar padrões de beleza. Quando já existe o amor próprio você faz escolhas mais conscientes”, diz Melissa Volk, criadora do Slow Market Brasil.

Melissa Volk, criadora do Slow Market Brasil Imagem cedida pela assessoria de imprensa

Melissa Volk, criadora do Slow Market Brasil Imagem cedida pela assessoria de imprensa

Palestras e conversas do Slow Market.Beauty

Se você está achando toda essa conversa estranha, não se sinta sozinho! Aderir ao slow beauty exige muita informação mesmo. Tanto que no sábado, 20, às 12h30, Karina Viega do blog Acorda, bonita! vai explicar como identificar pelo rótulo produtos de beleza naturais, orgânicos, artesanais e veganos.

E por mais que você tenha boa vontade, não dá para mudar todo o seu consumo de cosméticos de um dia para o outro. O organismo precisa se adaptar ao uso de itens mais naturais – principalmente, quando se trata de xampus e desodorantes. Por esse motivo, às 13h, Marcela Rodrigues, do blog A Naturalíssima, vai dar todas as dicas para a tão importante fase de transição. A programação também tem atividades mais leves como a yoga facial.

A modelo e apresentadora Ellen Jabour participará de um bate-papo sobre autoestima feminina no domingo, 21, às 16h45. No mesmo dia, a jornalista Renata Kalil, do site Lilian Pacce, vai falar sobre sua rotina como uma editora de beleza vegana.

Para os profissionais e empreendedores, destaca-se a apresentação de Gilson Spanemberg, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), sobre qualificação para exportar.

Marcas que estarão no Slow Market.Beauty

Os visitantes também vão poder praticar o consumo consciente no Slow Market.Beauty, que terá cinquenta marcas expositoras de todo o Brasil, entre elas EcoGlitter Brilhe e Souvie Orgânica.

Aplicativo Slow Market. Beauty

Mesmo após o fim do evento, todas as informações sobre o movimento slow beauty e o mapeamento de marcas do setor estarão em um aplicativo.

 

Lixo zero

O conhecimento é o que vai ‘restar’ da iniciativa que faz parte da programação da Semana Lixo Zero São Paulo. Todo o material produzido será destinado à reciclagem, doado para instituições ou vai passar por compostagem e virar adubo de hortas e jardins.

 

Slow Market.Beauty #1

Data: sábado, 20, e domingo, 21
Horário: 10h às 20h
Local: CaZa+
Endereço: Rua Coronel Melo de Oliveira, 1121 Vila Pompeia, São Paulo

Programação completa

 

Acompanhe o blog Lindeza nas redes sociais: Facebook e Instagram

 

Leia mais:

Marca alemã de maquiagem orgânica e vegana chega ao Brasil

Conheça 5 marcas de cosméticos veganas que são vendidas no Brasil

Sem crueldade: saiba que marcas de cosméticos não testam em animais