Jornalista dubla a série de história natural ‘Planeta Terra 2’, que estreia neste domingo, 6

Foto: Cauê Moreno/Discovery

As cenas são impressionantes. O investimento tecnológico da BBC para produzir Planeta Terra 2 foi alto. E o resultado não poderia ser outro: líder de audiência na TV britânica, prêmios e aclamação da crítica. A partir deste domingo, 6, os brasileiros poderão acompanhar a série pelo Discovery.

A narração está a cargo de Ricardo Boechat, que faz sua segunda estreia na função. A primeira, como ele mesmo descreve, não foi uma estreia propriamente dita. “Tive uma pequena experiência, muito engraçada, quando a Disney me chamou para dublar Zootopia. Fiz o âncora, o Onçardo Boechat. Me preparei psicologicamente para viver esse novo desafio profissional, já com quase 50 anos de carreira, pois nunca tinha passado por nada semelhante. Fiz uma desafiadora dublagem de 8 segundos”, disse, aos risos.

Em Planeta Terra 2, contou com a ajuda do diretor Valvenio Martins, que lhe ajudou a empregar uma carga dramática à narração. Embora não se esquive de certas interpretações ao apresentar as notícias no Jornal da Band, ele precisou de recursos cênicos que lhe faltam no dia a dia, como dar uma entonação humorada, romântica ou de suspense para as cenas da série.

“Como todo velho, tenho certa resistência em ser dirigido (risos). Em alguns momentos eu gostaria de ter feito de outro jeito, mas o Valvenio, corretamente, não deixou. Ele ajudou muito a dar uma razoável unidade na narração. Não me preparei antes para este trabalho. Apenas vi algumas cenas da versão em inglês. Embora eu não fale inglês, consegui pegar as entonações. Fui por aí, fiz um plágio subdesenvolvido, uma tentativa de plágio”, brinca.

Boechat não teve tempo hábil de assistir a série antes de entrar na cabine e empostar sua voz, fato que lhe rendeu algumas surpresas durante a gravação. “É um pouco o que acontece no Jornal da Band. 80% do jornal eu sei o que tem, mas eu não vi. De alguma forma, eu fui impactado pelas imagens e pelas cenas como qualquer um que está vendo aquele conjunto pela primeira vez. Isso me ajudou, já que não era para fazer uma narração jornalística, porque de fato eu ficava impressionado. Eu exclamava coisas, eu me mexia, aí voltava ainda impactado pelo ineditismo da cena para mim. Foi positivo e de fato me emocionei em muitos momentos”, lembra.

A abordagem de Planeta Terra 2 não é crítica, segue uma linha mais contemplativa das paisagens pouco exploradas pelos humanos e das espécies que nelas vivem, e mostra suas lutas para perpetuarem suas existências em meio às transformações pelas quais a Terra passou ao longo dos anos.

“Não sei que cagada o planeta está preparando para si mesmo, e a culpa é nossa, mas os bichos estão se virando muito. O bioma urbano, se é que podemos chamar de bioma, você vê como estes animais estão lidando com a gente e fazendo para ser o que são há milhares de anos”, avalia Boechat.

Planeta Terra 2 estreia neste domingo, 6, às 21h30, no Discovery, com reprise às quintas, às 19h50.