Carlos Alberto de Nóbrega ao lado do vereador Paulo Reis e de Marcelo de Nóbrega, diretor de ‘A Praça É Nossa’ | Foto: Gabriel Perline/Estadão

Mesmo com a folha de pagamento reduzida, A Praça É Nossa não deixará de apresentar novidades. E usará recursos internos para preencher os espaços vazios provocados pelas saídas de Moacyr Franco e de Paulo Pioli.

Nesta semana, o programa testará uma nova esquete provisoriamente intitulada como ‘Velha Surda da Nova Geração’. Criada pelo ator e roteirista Rafael Carvalho, o quadro apostará na polarização política das redes sociais e promoverá uma briga entre ‘tucanos’ e ‘petralhas’.

Tuca Graça e Bibi Graça, filhos de Saulo Laranjeira, foram escalados para a missão. E a dinâmica será simples. Carlos Alberto de Nóbrega, sentado em seu velho e querido banco, receberá os dois ao mesmo tempo e fará comentários gerais sobre temas diversos. O problema é que cada um interpretará de uma maneira – ambos equivocados – e farão comentários ácidos e humorados levando em consideração as suas visões políticas.

“Nada mais atual que levar uma situação cotidiana da internet para a TV”, comentou Carlos Alberto de Nóbrega. “As pessoas falam, falam e não escutam as outras. Cada um interpreta uma informação de um jeito. A gente precisa brincar com isso.”

A nova esquete – que ainda precisa ser aprovada pela direção da casa – foi anunciada na noite desta segunda-feira, 27, na Câmara dos Vereadores de São Paulo. Carlos Alberto de Nóbrega e seu time de humoristas receberam uma homenagem pelos 30 anos do programa no SBT.

Leia também: