Andressa Rodovida Barbosa entrou em contato com o blog para compartilhar a melhor notícia de sua vida

No final de outubro, o Família Plural conversou com duas mães que estavam há anos na fila de espera da adoção (leia a matéria aqui). Uma delas, Andressa Rodovida Barbosa, 38, entrou em contato com o blog para dizer que seu maior sonho havia se realizado: em meados de dezembro último, ela e seu marido André receberam o pequeno E., de 1 anos e 10 meses.

Eles estavam na fila da adoção desde 2014, quase não possuíam restrições, e até a chegada do filho tão esperado foi uma grande jornada.

A guarda ainda é provisória e, segundo Andressa, a audiência para a guarda definitiva deve ocorrer em junho. A nova mãe, toda eufórica, diz que E. nasceu para ela e para o marido. “Desde o primeiro dia, nos chama de mama e papa. Quando nos viu pela primeira vez, abriu um sorriso lindo ”, conta feliz, e completa, “Sou uma mulher completa agora”.

O casal André e Andressa com o mais novo integrante da família / Foto: Divulgação

O casal André e Andressa com o mais novo integrante da família / Foto: Divulgação

Ela contou ainda que a chegada do filho uniu ainda mais o casal, que faz tudo junto, principalmente nas refeições. “Até nossa alimentação está mais saudável, cozinhamos juntos e estimulamos ele a experimentar alimentos saudáveis. Estou vivendo um momento de festa, é tudo muito bom”.

A espera de Andressa e André realmente foi longa e ela comenta que, “o que parecia tão difícil nos faz pensar que tudo vale a pena. E que esse tempo foi necessário para que nossa história acontecesse. Somos felizes e muito gratos. Nosso filho é o presente mais lindo que Deus nos deu. Ele é o combustível das nossas vidas e o nosso amor triplicou”, finaliza.

Alterações na Lei da Adoção

Também em outubro do ano passado, o governo lançou uma consulta pública com o objetivo de debater e mobilizar a sociedade a respeito do tema. O PL a ser criado traz questões como o prazo para a realização da entrega voluntária de crianças para a adoção, apadrinhamento afetivo, acolhimento familiar, adoção internacional e prazos para a realização do processo de adoção. Veja aqui a minuta do anteprojeto de lei.

A Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) e o Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAM) realizaram uma audiência pública para discutir as questões ligadas à adoção e também a consulta pública. Conseguiram prorrogar a data para a sociedade se manifestar até 04 de dezembro (leia aqui).

Para Viviane Girardi, diretora da AASP e especialista na vara de família, a prorrogação dada pelo Ministério da Justiça permitiu aos participantes da audiência pública estarem presentes em audiências sobre o tema em diversos Estados, debatendo com pessoas ligadas ao tema da adoção as questões que estavam sendo propostas em relação à alteração da lei.

A advogada Viviane Girardi, diretora da Associação dos Advogados de São Paulo

A advogada Viviane Girardi, diretora da Associação dos Advogados de São Paulo / Foto: Divulgação

Segundo a advogada, “o próximo passo é que o anteprojeto acolha a oitiva dessa consulta popular e passe a se tornar um Projeto de Lei, o que é uma tramitação que funciona dentro do Ministério da Justiça, para depois ser levado ao Congresso Nacional para uma eventual aprovação”.

A diretora da AASP diz que a questão da adoção é extremamente sensível para a sociedade, “trata da infância, da vida e do futuro das nossas crianças. É um tema muito rente à sociedade, à organização da sociedade como família. E é importante que tanto as pessoas que atuam diretamente na questão, como autores do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), os conselhos tutelares, as assistentes sociais, os psicólogos que participam de todo esse projeto da destituição do poder familiar até a consagração da adoção, continuem agindo, mas que também a sociedade como um todo possa cada vez mais se esclarecer e participar desse tema que tem a ver com a formação da família brasileira”.

Mande sua história ou sugestões de matéria para os e-mails familiaplural@estadao.com e familiaplural@gmail.com

Acompanhe a gente também no Facebook: @familiaplural