Fábio Vasconcellos, CEO do Grupo PVH, dividiu com uma plateia de alunos e convidados sua experiência bem-sucedida de “reinicialização” da marca Calvin Klein no Brasil

O executivo Fábio Vasconcellos, CEO do Grupo PVH, esteve na FAAP para uma conversa com os alunos do curso de pós-graduação em Negócios e Varejo de Moda. O grupo é considerado um dos mais importantes no mercado de moda global, detentor de marcas como a Calvin Klein, Tommy Hilfiger, Speedo e Izod, e conta com mais de 40 mil colaboradores em mais de 40 países.

O executivo dividiu com uma plateia de alunos e convidados sua experiência bem-sucedida de “reinicialização” da marca Calvin Klein no Brasil. Segundo ele, os desafios enfrentados envolveram lidar com a legislação e tributação nacional, a inversão de sazonalidade em relação às estações do Hemisfério Norte e a necessidade de adaptação dos produtos e da criação de estratégia comercial adequados para o mercado brasileiro.

Ainda segundo o executivo, a linha de produtos da Calvin Klein tornou-se mais colorida e um pouco menos minimalista do que a linha original norte-americana, mas manteve linhas gerais do estilo da marca, preservando seu DNA.  Fábio mencionou, ainda, que o alinhamento nas diretrizes de criação com a matriz é fundamental para que o departamento de estilo consiga aprovar as adaptações no cronograma apertado do mercado de moda.

Acompanhando a adaptação no estilo, aconteceram também ajustes nas áreas comerciais e de suprimentos para adequar ao formato do mercado de moda brasileiro, cujo varejo é muito mais descentralizado do que o norte-americano, não contando com o papel das grandes lojas de departamentos.

A estratégia da marca no Brasil deu tão certo que, atualmente, a unidade está entre as mais bem posicionadas, segundo a opinião dos consumidores, comparando com as outras unidades da Calvin Klein pelo mundo.

 

Por Marília Carvalhinha – coordenadora da pós-graduação em Negócios e Varejo de Moda