Ana Clara Watanabe vence o FAAP Moda 2019 (Foto: Aline Canassa / FAAP)

A aluna Ana Clara Watanabe foi a vencedora da 16ª edição do FAAP Moda. A grande final – realizada ontem (5/11) – movimentou o campus da instituição com a presença de importantes nomes do mundo da moda.

Com a coleção vencedora – Geleia Geral – a aluna teve a intenção de compreender a formação do movimento Tropicalista a partir do conceito da Antropofagia, proposto pelo poeta paulistano Oswald de Andrade.

Os seis looks da coleção masculina exibiram silhuetas supervolumosas que brincam com a abstração do corpo favorecidas pela estrutura corporal robusta dos homens. A paleta de cores foi composta por um mix de tons vivos, chamativos do neon que se misturaram à coloração opaca, na qual aparece o branco transparente.

O segundo lugar do concurso, na escolha do júri, ficou para a coleção Metamorfose, de Maria Eugenia Albuquerque Boccuto. A inspiração veio da obra do artista ganense El Anatsui. Flesh and Bones, de Viktoria Ezequiel, ficou em terceiro com a coleção inspirada no fascínio e na obra impactante do pintor Francis Bacon.

A eleita no voto popular foi a coleção Epifania, de Bia Nardini, inspirada nas séries “Ausência”, “Nostalgia” e “Brinca com Fogo”, do artista Lucas Simões.

Coleção Geleia Geral buscou compreender a formação do movimento Tropicalista a partir do conceito da Antropofagia, proposto pelo poeta paulistano Oswald de Andrade (Foto: Aline Canassa / FAAP)

 

Coleção Metamorfose leva o 2º lugar (Foto: Aline Canassa / FAAP)

 

O 3º lugar foi para a coleção Flesh and Bones (Foto: Aline Canassa / FAAP)

 

Público escolheu a coleção Epifania, de Bia Nardini (Foto: Aline Canassa)

 

Corpo de juradas foi formado por especialistas e expoentes do mundo da moda (Foto: Fernando Silveira / FAAP)

 

Vencedoras do FAAP Moda ao lado da apresentadora Lilian Pacce (Foto: Fernando Silveira / FAAP)