pixabay

Algumas frases que talvez agradem aos leitores das sextas-feiras, pelo menos por um detalhe: são todas curtíssimas.

+++

ANTÍDOTO

Tantas doenças no mundo.

Quem nos injetará nas veias

o maravilhoso vírus do amor?

 

RESPOSTA

Disse amor olhando para o céu

e sua boca instantaneamente

se encheu de estrelas.

 

SECTARISMO

Se Priscylla Mariuszka Moskevitch fosse a sacerdotisa de uma seita, eu seria o mais fanático dos seus seguidores e morreria por ela na fogueira.

 

CAOS

No início era só o verbo, e tudo era fácil. Depois a gramática começou a gerar substantivos, adjetivos e advérbios. Era já o prenúncio de calamidades como a crase.

 

VOO

Se um dia Plácida Mangels Martinovska passar voando, criarei asas na hora, ou maldirei Deus.

 

INQUISIÇÃO

Se Petra Martucci Martelli for levada a um tribunal por feitiçaria, serei a primeira testemunha de acusação. Deixarão um sapo depor?

 

TESTEMUNHO

Irmão, aleluia. Vou me livrando dos pecados. Antes, batia nos meus pais e era viciado no amor carnal. Hoje, só bato nos meus pais.

 

REFORMAS

A língua portuguesa não chega a ser difícil. Quando está quase conseguindo, muda tudo.

 

NO ASILO

A irmã de caridade:

“Seu Tobias, outra vez esse pijama babado…”

“Não é baba. São lágrimas de amor.”

 

BUSCA E APREENSÃO

“Ciúme, eu? Pode me revistar.”

 

VOCÁBULO

Amor, até a minha baba sabe dizer o seu nome.

 

PRESENTE

No meu aniversário meu amor me deu uma camisa de força.

 

LANCE

O amor foi generoso comigo: matou-me, mas poupou-me a língua, para que eu possa exaltá-lo.

 

ABSURDO

Eu gostaria de escrever um livro tão maravilhoso que fosse impossível alguém – até mesmo eu – acreditar ter sido feito por mim.

 

REFLEXÃO DE UM RELÓGIO BRASILEIRO

“A lei, hora, a lei.”

 

MÉRITO

Recordando agora, o amor nos parece ainda mais digno de todas as loucuras que por ele fizemos e de outras tantas que deveríamos ter feito.

 

SABORES

O amor me ofereceu tantas iguarias que o gosto da vida passou a não me apetecer  mais.

 

MUSA

Paulina Manoela Mellyflora mereceria ter vivido na época de Dante. Pobre Beatriz. Ninguém hoje falaria dela.