pixabay

Meia dúzia de brincadeiras – algumas talvez até meio sérias – para gastar um pouco de tempo nesta sexta-feira.

+++

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL

Mulheres, me desfrutem:

Possuo algum dinheiro,

Sou carinhoso, ordeiro,

E não contenho glúten.

 

LENTILHAS

Quando penso em lentilhas

penso em tramas

em dramas

em desonestas partilhas

 

penso em primogenituras

em imposturas

e de Esaú tenho dó

e sinto raiva de Jacó.

 

HAPPY BIRTHDAY

Que alegria, oh!

Na horta da vida

Mais uma abó

Bora colhida.

 

SEGUNDA OPINIÃO

Já fui melhor. Já tossia,

Mas não me sentia mal,

Era uma tosse teatral,

Agora é que é pneumonia.

 

LÓGICA

A história sendo de amores,

Com os poetas ficam os lutos

E o peito pleno de flores.

Os frutos ficam com os putos.

 

TRADIÇÃO

Não temos nada a dizer.

Disseram tudo por nós.

Quem há de tão tolo ser

Que gaste em vão sua voz?

 

MEADA

O amor às vezes disfarça

Tão bem aquilo que esconde

Que nem ele já sabe onde

O fato é fato ou é farsa.

 

ESPELHO

Se Deus me fosse piedoso,

Bem poderia trocar

Este meu rosto horroroso

Por um que eu possa encarar.

 

CALENDÁRIO

Deixar de ser petulante,

Deixar cair minha pose.

Dia 11 estou bem, dia 12

Quem minha pose garante?

 

NORMAS

Correr o tempo não deixes

E nem as águas do rio.

Já longe vão os teus peixes

E a vida está por um fio.

 

ALGEMAS

Eu não sabia mais viver

bebia nuvens

e comia poemas

 

Eu queria morrer

e o amor me dizia

não gemas

 

E para que

eu livre morresse

abriu-me as algemas

 

Então lhe disse eu

com todo o respeito

você não me entendeu

 

Para que eu viva

e não almeje a morte

me algeme mais forte.

 

PODÓLOGO

 

No dia em que, consternado,

Viu que a amada tinha calos,

Usou seu aprendizado:

Com beijos pôs-se a arrancá-los.