O cantor sertanejo Luciano é um dos garotos-propaganda do método Pronokal

O cantor sertanejo Luciano é um dos garotos-propaganda do método Pronokal

O número é de fazer os olhos brilharem e confesso que a promessa por um rápido emagrecimento foi o principal motivo que me levou a encarar o método Pronokal, apelidado carinhosamente por mim como a Dieta dos Artistas. O sertanejo Luciano, a apresentadora Cátia Fonseca e a ex-paquita Andrea Sorvetão são alguns dos adeptos e conseguiram mudar os números de seus manequins rapidamente.

Estou na metade da primeira fase da dieta e emagreci 5,4 kg. Passei dos 97 kg para os 91,6 kg em sete dias e consegui ressuscitar algumas peças de roupas que mantive em meu armário na esperança de um dia voltar a usá-las. Tenho certeza de que se eu tivesse praticado algum exercício este número seria ainda melhor.

Mas não pense que se trata de um milagre. Encarar o método Pronokal requer, no mínimo, muito controle emocional. Afinal, você substitui a comida de verdade de seu dia a dia por sachês. Cada pacotinho vem com uma mistura em pó, ao qual você adiciona água e nasce um crepe, um omelete, um pão, nuggets, sopas, sucos, vitaminas e mais uma infinidade de alimentos enriquecidos em proteínas e com zero de carboidrato e de açúcar.

Alguns são muito gostosos, outros nem tanto. A dificuldade é explicar para o teu cérebro que o pão francês do café da manhã, o arroz com feijão do almoço e o sanduíche do jantar (sem contar todas as guloseimas que se comia nos intervalos das principais refeições) não estão a caminho. Pode ser paranoia da minha parte, mas desde que aderi a esta dieta, os perfumes dos alimentos reais ficaram muito mais intensos.

A apresentadora Catia Fonseca e seu marido, Rodrigo Riccó, também aderiram ao método Pronokal

A apresentadora Catia Fonseca e seu marido, Rodrigo Riccó, também aderiram ao método Pronokal

Depois desta breve introdução, compartilho aqui informações importantes a quem quer pensa em mergulhar neste método:

1. Para iniciar, você precisa recorrer a um endocrinologista credenciado. Quem tem me acompanhado nesta empreitada é a doutora Maithe Pimentel Tomarchio. Ela me solicitou uma série de exames e testes para saber se estava apto para o processo. Durante a análise dos resultados, descobri que estou pré-diabético graças ao consumo excessivo de carboidratos e açúcar. Mas como os alimentos da Pronokal estão 100% livres destes componentes, minha médica disse que o quadro é reversível (ufa!).

2. Ao contrário de outros métodos populares, como a Dukan (utilizada por Kate Middleton) e a Ravenna (praticada por Dilma Rousseff), a Pronokal se difere por não tornar a proteína como a salvadora das calças apertadas: todas as porções para cada refeição são extremamente controladas. “É um método muito eficaz, que não prejudica nenhum órgão do corpo. A proposta da Pronokal é ajudar o paciente a se reeducar em sua maneira de se alimentar e a encontrar um estilo de vida mais saudável”, explica Maithe, pós-graduada pela University of St Andrews (Escócia) e experiente em tratamentos na área de endocrinologia.

3. Além dos alimentos, serão receitadas algumas vitaminas para serem consumidas juntamente com as refeições, como sódio, magnésio, potássio, cálcio e ômegas 3 e 6.

4. Já falei ali no começo sobre a dificuldade emocional em lidar com a ausência de alimentos verdadeiros. Para isso, a Pronokal coloca à disposição nutricionistas, preparadores físicos (para lhe dar dicas de exercícios) e psicólogos, que atendem por telefone ou pelo site.

5. Também já falei que alguns alimentos são bem gostosos, certo? Entre os meus preferidos estão o pão de proteínas, os nuggets e a sopa de frango com curry. Para beber, o achocolatado, os sucos de toranja e o de coco me agradaram mais. O chá de limão, o suco de laranja e o creme de legumes têm sabores artificiais (e esquisitos) demais. Se puder, evite-os.

6. A dieta é dividida por etapas. Estou na primeira, que inclui cinco refeições à base de sachês. No almoço e no jantar posso reforçar a alimentação com alguns vegetais e legumes que, embora muitos torçam o nariz para os verdinhos, ajudam e muito na sensação de saciedade.

7. Como a dieta elimina carboidrato e açúcar, teu corpo pode reagir de maneira estranha. Há quem sinta enjoo, ânsia de vômito, tontura e fraqueza nos três primeiros dias. No meu caso, foi só uma forte dor de cabeça no final do primeiro dia. Dormi e acordei renovado. E um mau humor, daqueles que fazem você perder a paciência com qualquer bobagem, nos três primeiros dias.

8. A fome será inevitável no início da dieta. No quinto eu ainda estava desesperado, sonhando com uma barra de chocolate, mas depois eu aprendi a lidar com esta vontade de comer.

9. Aconselho iniciar o método em um sábado. Assim você terá o fim de semana inteiro para lidar com as eventuais reações de seu organismo e não prejudicará seu desempenho no trabalho ou nos estudos.

10. Beba água. Muita água! O ideal é o consumo diário de 2 litros. Você vai perceber que sua frequência no banheiro aumentará consideravelmente. E é necessário repor líquido no organismo para evitar a desidratação.

E se vale a 11º dica, aí vai ela: você só verá resultado se não infringir nenhuma regra da dieta. Aquela balinha ou chicletinho inocente pode arruinar todo o processo.

Como eu ainda tenho um longo caminho até chegar ao meu objetivo (80 kg), sigo firme no método. Em breve compartilharei mais informações sobre a dieta Pronokal.

Ah, e já que uma imagem vale mais que mil palavras, aqui está o “antes e depois”. O “antes” foi tirado em junho, e foi com esta foto que me dei conta de que havia exagerado na pizza e na batata-frita. O “depois” foi tirado agora, no improviso (favor ignorar a capinha detonada do meu celular).

Resultados da dieta Pronokal: 5,4 kg eliminados em uma semana

Resultados da dieta Pronokal: 5,4 kg eliminados em uma semana