No spa do L’and Vineyards, cuidar do corpo e da mente é uma prioridade (Foto: Divulgação)

E aí, beleza?

Não restam dúvidas de que o bem-estar é, hoje, o novo statement de cuidados pessoais e decreta o fim a uma era de pretenciosismo dos hotéis de superluxo e superexclusivos – até um tanto obsoletos, pelo tipo de oferta que se propunham a  oferecer até agora. Uma geração nômade chic surge para desfrutar de experiências sensoriais como um bem imaterial. O sentir-se em casa é o lema desses novos spots que surgem mundo afora.

Agora, numa tentativa de maior inclusão, de imersão na natureza local, de iniciativas de sustentabilidade, torna-se cada mais latente a profusão de experiências voltadas ao wellness.

Harmonia entre a fusão da paisagem natural e a arquitetura contemporânea autoral (Foto: Divulgação)

Nesse contexto, Portugal tem-se destacado mundialmente pelo tipo de oferta que engloba turismo, bem-estar e lazer. Com os recentes prêmios atribuídos ao país, em junho deste ano, quando foi eleito como “Melhor Destino Turístico Europeu” pelo terceiro ano consecutivo, pelos World Travel Awards, Portugal tem-se reafirmado cool para o público brasileiro. Além de Portugal, estavam nomeados para o prêmio: Áustria, Inglaterra, França, Alemanha, Grécia, Irlanda, Itália, Noruega, Espanha, Suécia, Suíça e Turquia.

Fazendo jus a esse novo momento, é no coração da região do Alentejo que surge o eldorado secreto de 66 hectares; elegendo o vinho como âncora da sua inspiração, o L’and Vineyards é uma estância turística, que se diferencia pela forma harmoniosa como consegue fundir e conciliar a paisagem natural e a arquitetura contemporânea autoral. Localizado próximo a Montemor-o-Novo, a apenas uma hora de carro de Lisboa, esse misto de wine resort, turismo rural e spa é um convite a um retiro em meio ao verde.

Arquitetura minimalista que impressiona pelo bom gosto dos detalhes (Foto: Divulgação)

Aqui, nesse pequeno pedaço de paraíso, é onde se instala um dos hotéis de charme mais exclusivos de Portugal. Das vinhas ouve-se o som das folhas das parreiras agitarem-se com o vento; o som dos pássaros “ecoa” no enorme silêncio do campo. Proporcionando uma experiência de hospedagem única, o L’and Vineyards desenvolve-se em torno de um vale central de vinha, de olival e de um lago, comunicante com as unidades de alojamento, que nascem na paisagem, ordenadas em pequenos núcleos, recuperando a tipologia tradicional das casas pátios de raiz romana e árabe. Uma simplicidade minimalista que impressiona pelo bom gosto dos detalhes.

Parte da cadeia Small Luxury Hotels of the World (SLH), a herdade de linhas sóbrias conta com apenas 22 suítes, sendo 10 Sky View Suites e 12 L’and View Suites. Todas as unidades, com 120mde extremo bom gosto, têm um terraço privado com lareira, vista para o lago, acesso direto à piscina exterior com borda infinita, além de uma sala ampla.

A decoração de interiores é assinada pelo arquiteto brasileiro Marcio Kogan (Foto: Divulgação)

A decoração de interiores é assinada pelo studio mk27, do arquiteto brasileiro Marcio Kogan, que priorizou a madeira e as pedras naturais, no intuito de obter uma harmonia entre a tradição da planície alentejana e o design. Espalhadas pelo edifício principal da propriedade, estão obras de arte de artistas conceituados, como são exemplo as peças do suíço Michael Biberstein.

O hotel tem uma produção própria de vinho, limitada ao consumo local e para a venda na propriedade. Uma garrafa de vinho tinto, com o nome do hóspede impresso no rótulo, surpreende na chegada ao quarto, sendo acompanhada de um bilhete de boas-vindas, desejando “que a sensação de tranquilidade seja a memória mais presente que leva da sua visita”. Mimos portugueses de um povo que sabe receber com discrição e primazia.

Umas das Sky View Suites, que proporciona a experiência única de dormir literalmente ‘debaixo das estrelas’ (Foto: Divulgação)

Dormir sob as estrelas

Cada uma das 10 Sky View suítes, exclusivas, proporciona a experiência única de dormir literalmente “debaixo das estrelas”, por meio da abertura integral da claraboia do teto do quarto. Isso oferece a observação do céu noturno aos visitantes – um tributo ao céu do Alentejo, considerado uma reserva na Europa, por seu baixo índice de poluição. Lindo de se ver!

Para que os visitantes possam aproveitar ao máximo a região e sua beleza envolvente, o L’and Vineyards proporciona um conjunto de experiências e atividades extras. Os apreciadores da enologia poderão realizar, na adega do hotel, cursos sobre a vinha e a produção de vinhos. Poderão participar de provas comentadas de vinhos regionais, além de conhecer os princípios da enologia biodinâmica. Existem ainda visitas às diversas vinhas, acompanhadas pelo enólogo residente, com o objetivo de conhecer as características diferenciadoras das várias castas existentes no empreendimento. Há também o objetivo de se aprender o método tradicional da vindima, acompanhando o processo produtivo – desde a colheita até à vinificação. Além dessas atividades, o hotel disponibiliza aulas de ioga e um spa, com um menu composto por tratamentos holísticos, com assinatura da marca Caudalie.

L’and Spa Vinothérapie by Caudalie (Foto: Divulgação)

L’and Spa Vinothérapie by Caudalie

Uma massagem de assinatura, no spa do hotel by Caudalievai deixá-lo ainda mais relaxado e energizado. No menu, constam rituais exclusivos – como exemplos, a Esfoliação Crushed Cabernet, o Envolvimento Mel e Vinho e o tratamento Vinoperfect – e várias massagens e tratamentos de beleza, baseados na uva. Os tratamentos apoiam-se em produtos com ingredientes naturalmente extraídos da uva e em suas propriedades antioxidantes.

O spa conta com três salas de tratamento, uma piscina interior aquecida e sauna, numa área total de mais de 800m2.

Vinhas privadas da propriedade, com acesso comum dos quartos (Foto: Divulgação)

Nas proximidades, ainda realizam-se visitas a adegas locais, fazem-se provas de vinho, passeios de balão ou a cavalo, workshops de costumes alentejanos (amassar pão, aprender a fazer peças em cortiça ou até fazer os saborosos enchidos alentejanos), ou visitas guiadas por um historiador à cidade de Évora – classificada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

A herdade conta ainda com vários carregadores exclusivos para os carros elétricos Tesla, numa parceria do hotel com a marca – um dos únicos hotéis em Portugal a oferecer esse serviço.

Vista geral do restaurante do hotel, premiado com uma estrela Michelin (Foto: Divulgação)

O restaurante

E se Alentejo é sinônimo de boa mesa, com sua gastronomia autêntica e saborosa, o premiado restaurante do L’and, com uma estrela Michelin, traz o jovem chef José Tapadejo em seu comando, com uma nova interpretação de sabores locais: os menus degustação são pautados não só pela vivência no Alentejo, mas também pelas suas experiências de vida na Noruega. Por isso mesmo, o convite é o de embarcar numa viagem gastronômica pela cozinha regional portuguesa, mas com um toque escandinavo.

Numa tentativa de integrar a experiência resultante da viagem dos portugueses ao Oriente, Tapadejo dá ênfase aos produtos biológicos, às especiarias, às raízes dos alimentos, valorizando os produtos únicos da região, da terra e do mar. Com a ajuda de produtores locais, são utilizados em sua gastronomia frutas cítricas, legumes, queijos, ervas aromáticas, carne de gado criado no campo, peixe e marisco do porto de Setúbal, além do azeite tradicional da região. O resultado é uma experiência gastronômica única, que exprime a identidade portuguesa com twist e elegância.

O chef José Tapadejo Tapadejo valoriza os produtos únicos da região, da terra e do mar (Foto: Divulgação)

E se o charme das vilas de pescadores, a simplicidade das casas típicas, a deliciosa e confortante gastronomia, os vinhos e os inúmeros alojamentos locais fazem do Alentejo uma região cada vez mais notória, o L’and Vineyards é a conjunção perfeita de todos esses fatores, promovendo uma atmosfera de luxo sóbrio e harmonioso, uma tranquilidade e uma sensação de pertencimento imediato.