O óleo da planta tem substâncias com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias (Foto: Unsplash)

E aí, beleza?

Já imaginou incorporar a Cannabis na sua rotina de grooming? É que existe uma tendência na cosmética em que as marcas estão apostando cada vez mais nas substâncias não psicoativas da erva, como o cannabidiol (CBD) e o cânhamo. Mas, calma! Isso não vai te dar barato…

Enquanto em vários países mundo afora o uso médico e recreativo de Cannabis sativa tem ganhado força, a indústria cosmética tem surfado essa onda e popularizado os efeitos embelezadores das substâncias extraídas da maconha. Segundo estudos, o óleo da planta tem substâncias com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias e que seriam, portanto, benéficas para a pele.

Nos Estados Unidos e na Europa, cada vez mais produtos de beleza com canabidiol chegam às prateleiras das farmácias e perfumarias. De óleos a cremes para as mãos ou sérum para o rosto e até máscaras, muitas são as propostas que prometem tornar esta substância na nova tendência do grooming.

Creme de mãos à base de Cannabis, da The Body Shop (Foto: Divulgação)

A britânica The Body Shop, por exemplo, tem uma linha inteira com produtos à base de Cannabis que são verdadeiros best sellers no exterior. Os produtos fazem parte de uma linha indicada para peles extremamente secas, pois têm propriedades hidratantes e protetoras intensas. A Kiehl’s, marca da L’Óreal e que saiu recentemente do Brasil, também investiu no óleo da semente de cânhamo para criar um concentrado facial com propriedades calmantes e que promete reduzir a vermelhidão da pele.

Concentrado facial de óleo de cânhamo com propriedades calmantes, da Kiehl’s (Foto: Divulgação)

Será que essa onda pega no Brasil? Tudo indica que sim, embora por aqui, a legislação não permita o uso da substância, especialmente pela Lei de Drogas (Lei nº. 11.343/2006) e pela Portaria nº 344 da Anvisa, que trata sobre medicamentos sujeitos a controle especial.

Mas atenção: se está pensando em trazer alguns produtos de países onde o uso de cosméticos de Cannabis é autorizado, ainda assim a lei impede a entrada de tais produtos no Brasil, sem autorização legal.