O vinho no centro das experiências de bem-estar (Foto: The Yeatman/ Divulgação)

E aí, beleza?

Viajar é preciso! É chegado o tempo das vindimas em Portugal e com elas, atrações que unem experiências de bem-estar incríveis, gastronomia e enoturismo.

O país está na moda e não é segredo que tem atraído cada vez mais brasileiros que estão em busca de melhor qualidade de vida e conforto. O turismo é hoje um dos setores mais aquecidos de Portugal, não só pela beleza natural do país, como também por fatores culturais e de estilo de vida de uma das capitais europeias mais antigas do mundo.

Conheça alguns dos mais exclusivos hotéis e quintas que unem o vinho ao bem-estar:

A arquitetura típica alentejana, caiada de branco do Torre de Palma (Foto: Divulgação)

Torre de Palma, Monforte, Alentejo

Simplicidade e tradições alentejanas andam de mãos dadas neste hotel vínico de cinco estrelas, localizado em Monforte, no coração do Alentejo Histórico e Vinhateiro. Localizado a aproximadamente 2 horas de carro de Lisboa, e com os seus primórdios a remontarem ao ano de 1338, o Torre de Palma Wine Hotel nasce em 2014, inspirado no modo de vida da distinta família Basilii – antigos habitantes das vizinhas ruínas romanas de Torre de Palma – e nas tradições alentejanas.

Esse representante da região do centro-sul de Portugal é dedicado ao vinho alentejano e surpreende pelas experiências autênticas, que combina elementos vínicos e gastronômicos, a atividades recreativas e de bem-estar.

Tem apenas 19 quartos e suítes, exibindo uma decoração elegante que funde o contemporâneo com o tradicional, em perfeita harmonia com a natureza. A arquitetura típica alentejana, caiada de branco, minimalista e rústica, e um longo trabalho de investigação permitiram harmonizar os espaços existentes com soluções modernas e funcionais, que fizeram esta propriedade ser considerada um dos melhores hotéis rurais do país em 2015 pelo Guia Boa Cama Boa Mesa.

A piscina externa e a vinha (Foto: Divulgação)

O hotel disponibiliza piscina interior e exterior, spa, restaurante, bar e uma adega. Tem ainda ao dispor dos hóspedes uma sala de cinema, um picadeiro, horta biológica, pomar, vinha, um pequeno olival e uma loja de produtos regionais.

Não passa despercebida a pequena capela no pátio do hotel, com um cristo em cortiça de autoria de Nuno Vasa. Igualmente especial é a Torre da propriedade, de onde se pode ver o pôr-do-sol na companhia de uma taça do melhor vinho alentejano.

Este hotel de charme, no coração do Alentejo Vinhateiro, não poderia existir sem aquela que é a sua identidade: a produção de vinho e, com ela, o enoturismo. A Adega, inaugurada em setembro de 2016 que se ergue na Herdade de Torre de Palma como um espaço mágico, é o ex-líbris do culto em torno do vinho. Um espaço maravilhoso que conta com lagares de pedra e zona de vinificação, onde é feita a produção própria, a cargo do enólogo Duarte de Deus. Conta ainda com uma sala de barricas e sala de provas, ricamente decorada.

Herdade de Torre de Palma (Foto: Divulgação)

Não saia de lá sem antes conhecer o restaurante Basilii: à mesa serve-se gastronomia alentejana com toque contemporâneo, pelo Chef Filipe Ramalho. A carta é composta majoritariamente por produtos alentejanos e o menu está em constante mudança, seguindo os ciclos da natureza, garantido a máximo frescura dos ingredientes.

Acredita-se que os terrenos da região são um centro de confluência de energias positivas… verdade ou não, o fato é que o Torre de Palma é especial em todos os sentido e merece uma visita.

torredepalma.com

Piscina do The Yeatman com vista para o Porto e o rio Douro (Foto: Divulgação)

The Yeatman, Vila Nova de Gaia, Porto

Dizem que o Porto é lindo, mas visto de Gaia, na margem esquerda do rio. Verdade ou não, este é considerado o primeiro hotel vínico de luxo de Portugal e tem uma vista de tirar o fôlego da cidade do Porto e do Douro.

Localizado no centro histórico de Vila Nova de Gaia – uma das mais importantes capitais europeias do vinho –, junto às famosas caves de vinho do Porto, o The Yeatman destaca-se pelas vistas panorâmicas fabulosas sobre o rio Douro e da zona ribeirinha do Porto, facilmente acessíveis a pé.

O hotel é famoso pelas experiências vínicas sofisticadas. O tema do vinho estende-se inclusive ao spa, pois disponibiliza um programa completo de tratamentos exclusivos, com assinatura Caudalie Vinothérapie – o primeiro da marca em Portugal. Tem dez salas de tratamentos, desde terapias, cuidados faciais e corporais a programas de massagens, nos quais a cultura e os prazeres do vinho estão presentes e podem ser desfrutados, em todos aspectos.

Massagem no spa com assinatura Caudalie (Foto: Divulgação)

A elegância intemporal, a autenticidade dos diversos detalhes, juntamente com o serviço atencioso da equipe, traduzem-se na individualidade de caráter e sentido de hospitalidade. Cada um dos quartos e suítes são discretamente personalizados por um dos parceiros vínicos do hotel, com a colocação de fotografias e objetos decorativos alusivos à região e às tradições do produtor.

O The Yeatman é um dos maiores embaixadores dos vinhos portugueses de qualidade superior: a adega do hotel contém cerca de 27.000 garrafas e mais de 1.300 referências. Conta ainda com um restaurante premiado com duas estrelas Michelin, duas piscinas (interna e externa), academia completa e biblioteca. Um luxo!

the-yeatman-hotel.com

Quinta da Pacheca e seus quartos-barris incríveis com vista para as vinhas (Foto: Divulgação)

Quinta da Pacheca, Mesão Frio

Mais um representante da região do Alto Douro Vinhateiro, esse Wine House Hotel é uma das Quintas mais conhecidas de ‘turismo de charme’ do Vale do Douro.

Imagine-se acordando no meio de uma vinha e experimentando a ruralidade de uma das regiões vinícolas mais famosas do mundo. A experiência tornar-se ainda mais genuína se você reservar como quarto um dos exclusivos Wine Barrels, que proporcionarão uma experiência única de contato com a natureza e a realidade monumental da Região Vinícola do Douro.

Criados como um projeto arquitetônico ousado de suítes em forma de barris de vinho, são únicos em Portugal e reforçam com originalidade a oferta enoturística da região, além de serem super instagramáveis. A cama redonda, a enorme janela de vidro de frente para a vinha e a pequena varanda são diferenciais que enfeitiçam e deixam os hóspedes admirados. Destaque para o café da manhã servido no quarto, dentro de uma caixa de madeira de vinhos que eleva a experiência a outro patamar. Inesquecível!

Wine Barrels, os quartos em formato de barril de vinho (Foto: Divulgação)

Em tempos de reabertura de hotéis numa era pós-Covid e no intuito de atrair hóspedes “desconfiados” da higienização e preocupados com o novo normal, há uma nova atração na Quinta da Pacheca que transcende a temática do vinho. A novidade chega, é claro, em forma de barril: um equipamento de descontaminação, que faz a desinfecção de ozônio do ar e da água que se assemelha a um túnel em forma de barril de vinho. Segundo a Quinta, por ser um processo totalmente natural e não possuir nenhum produto químico em sua composição, elimina todos os vírus de superfície sem causar irritação aos olhos, pele ou bens pessoais.

A Quinta da Pacheca tem vindo a promover e realizar diversas atividades ao ar livre, como piqueniques, passeios de bicicleta e caminhadas, sempre num ambiente de total tranquilidade e bucólico, de forma a encontrar o que a maioria dos turistas procura hoje em dia. O hotel acaba de inaugurar um novo edifício com mais 24 quartos, uma bela piscina exterior, academia e spa, incluindo sauna e jacuzzi.

Não vá embora sem antes experimentar uma massagem relaxante no meio da vinha, sob a sombra das árvores, ouvindo os pássaros e o vento batendo nas parreiras. Incrível também é fazer uma refeição no restaurante do hotel – e peça para ficar na varanda: a vista da Quinta e das montanhas é de tirar o fôlego!

Os hóspedes podem também fazer uma prova de vinhos e ter a oportunidade de degustar alguns dos melhores vinhos do mundo, edições raras e premiadas da Quinta da Pacheca.

quintadapacheca.com

A piscina de borda infinita e a casa principal da Quinta de São Bernardo (Foto: Divulgação)

Quinta de São Bernardo, Vila Jusã

Era uma vez uma brasileira e um português que se conheceram nos Estados Unidos, se apaixonaram, e um dos frutos dessa relação foi um projeto de turismo rural belíssimo, mas pouco conhecido até mesmo pelos portugueses. Marcela e Diogo Monteiro viajaram pela região vinícola da Califórnia, se inspiraram, e idealizaram aquilo que seria hoje um pequeno hotel de charme, ícone de desejo de muitos viajantes. É fácil entender o porquê.

Uma das mais exclusivas – e secretas – Quintas do Douro esconde alguns tesouros para serem descobertos pelos hóspedes: são só nove quartos, sendo dois deles vilas privadas (lê-se ‘quartos exclusivos com piscina privativa’). Localizada numa bela propriedade com mais de cinco décadas de existência – nasceu de uma Quinta centenária da família que data de 1912 –, essa farmhouse foi totalmente restaurada, mantendo o espírito de família vivo através dos detalhes e da decoração. Marcela trabalhava com moda e Diogo é arquiteto e designer gráfico. O bom gosto e o senso estético do casal nortearam todo o projeto de decoração dos espaços – das áreas comuns até os quartos. Um luxo sóbrio, rústico-chic e pensado no público mais jovem.

Recepção e loja de produtos portugueses da Quinta de São Bernardo (Foto: Divulgação)

A Quinta de São Bernardo tem alguns fatores que por si só já seriam suficientes para uma visita: fica completamente isolada entre a linha de comboio (o ‘trem’ português) e a margem esquerda do Douro, tal é a sua proximidade do rio. Composta por um edifício principal, horta biológica que respeita as estações do ano e uma piscina de borda infinita sobre o rio Douro – onde se pode desfrutar de momentos relaxantes na região vitivinícola mais antiga do mundo –, esse cenário paradisíaco encanta pela originalidade e beleza.

Diogo e Marcela Monteiro, proprietários da Quinta de São Bernardo (Foto: Divulgação)

Desde a sua abertura, em 2016, e funcionando por temporadas (de abril a outubro), a Quinta de São Bernardo hoje vive cheia e é difícil conseguir vaga – faça uma reserva com antecedência. As experiências farm to table contam com café da manhã personalizado para os gostos pessoais de cada hóspede e um menu fixo ao jantar, que varia consoante a disponibilidade de produtos frescos – e sempre que possível, dá-se preferência aos fornecedores e produtores locais.

Para complementar as experiências de bem-estar, pode-se nadar no rio, jogar uma partida de bilhar na sala de jogos, andar de canoa ou fazer stand-up paddle. E, por fim, claro, os vinhos: na sala de prova há sempre duas sessões diárias onde é possível experimentar as criações da Quinta de S. Bernardo, apresentadas pelo enólogo. Eles ainda produzem uma cerveja artesanal pilsner espetacular, em parceria com um produtor local.

As novidades para este ano contemplam ainda um novíssimo spa com piscina interior aquecida, academia e sala de massagem. Must go!

https://www.quintadesaobernardo.com

Piscina da Quinta de La Rosa com vista para o Douro e vinhas (Foto: Divulgação)

Quinta de La Rosa, Pinhão

Tem uma das mais incríveis vistas do Douro e acomodações despretensiosas, que levam os nomes de pessoas da família dos fundadores. Localizada na região do Alto Douro Vinhateiro, a Quinta fica na encosta da margem direita, estendendo-se desde o rio Douro até uma altitude de 400 metros. Um paraíso reservado não só àqueles que estão em busca de tranquilidade e sossego, mas também aos amantes do bom vinho, da boa cama e da boa mesa.

A paisagem idílica do vinhedo a perder de vista, a colossal e emblemática vinha Vale do Inferno, construída antes da I Guerra Mundial – e que teve um papel decisivo na classificação do Douro como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO – e os recantos frondosos carregados de silêncio da Quinta de La Rosa são motivos de sobra para uma estada nesta propriedade, no pequeno vilarejo de Pinhão.

Vinha Vale do Inferno, uma das mais antigas do mundo (Foto: Divulgação)

Desde 1906 na posse da família de Sophia Bergqvist, a Quinta tem 55 hectares de área total e uma beleza extrema que convida a relaxar, desfrutando de uma das mais privilegiadas paisagens à beira do Douro. Carrega no seu DNA a produção de vinhos de mesa e Porto, azeite e vinagre do Douro, e mais recentemente, cerveja artesanal.

Abriu portas ao turismo em 1985 e há mais de 20 anos tem vindo a receber hóspedes, o que levou a uma necessidade substancial de melhorar a propriedade, desenvolvimento esse que ocorreu em 2012. Os hóspedes podem agora ficar na casa da família, onde se pode absorver a história e excentricidade de uma propriedade com mais de 100 anos de história e que foi construída de forma a se enquadrar no meio ambiente que a envolve.

Os hóspedes podem ainda desfrutar de experiências únicas como nadar no rio Douro ou fazer caminhadas ao longo da icônica parcela de vinha Vale do Inferno, e que conta com algumas das maiores paredes de xisto em todo o Douro (cinco metros de altura). Além disso, podem visitar as pinturas rupestres do Parque Arqueológico do Vale do Côa, passear a cavalo, fazer um cruzeiro no Douro ou andar de trem num percurso à beira do rio, entre a Régua e o Tua, desfrutando de uma viagem única ao passado, marcada pela beleza da paisagem.

quintadelarosa.com