Andreas Kontokanis (karpidis)/Creative Commons

Andreas Kontokanis (karpidis)/Creative Commons

Ella estava muito ansiosa, bem mais do que o normal.
Já havia completado, alguns meses que estavam saindo.
E Ella, sempre quis encontrar alguém, a quem pudesse realizar suas vontades, desejos e fantasias. Alguém com quem, ela sentisse muito prazer, mas muito mais que isto, confiança.

Então começou a planejar uma noite diferente.
Comprou alguns descartáveis.
Uma bela cesta de vime forrada.
Um bom vinho, queijos, frutas e petiscos, para durante a noite, degustarem.
Comprou também algumas velas coloridas e aromáticas, para enfeitar e deixar o quarto a meia-luz.

Uma das partes favoritas do plano della era encontrar a lingerie perfeita.
E a encontrou: um belo espartilho preto rendada e uma lingerie ousada. Tudo de muito bom gosto, sexy, e provocante.
Pronto!
Estava tudo perfeito e Ella faria um ‘Strip Tease’ pra Elle, na próxima vez em que saíssem.

Em sua mente, passava e repassava cada gesto, olhar, frase e a cada vez, completava com algo que pudesse fazê-lo sentir mais prazer.
Primeiro pensou, que ao chegar no quarto, iria tirar suavemente a roupa dElle. Sem que Elle a tocasse.
Depois pensou, em pedir pra Elle se sentar na cama, só de calça jeans. E apenas observar, sem se levantar ou tocá-la.
E então começaria a acender as velas, em pontos estratégicos do quarto. Colocaria um ‘blues’ pra tocar, abriria a cesta, retiraria o vinho (na temperatura perfeita), serviria a Elle uma taça, colocaria os petiscos ao alcance de sua mão.
Só então, começaria a dançar de forma insinuante.
Lentamente tiraria o casaco e apresentaria seu lindo vestido vermelho.
Sentada em uma cadeira, cruzaria suas pernas sensualmente.
E após dançar um pouco, pediria a Elle pra abrir o zíper do vestido, com os dentes e sem tocá-la.
O vestido de tecido fino, cairia sobre o chão revelando sua maravilhosa lingerie. E seu corpo já suado de prazer, só de ver nos olhos Delle, o desejo em tê-la.
Agora, sentada em seu colo e de frente pra Elle, tiraria delicadamente cada uma das meias.

A tão esperada noite estava próxima!
Seria neste fim de semana e Ella mal podia esperar, para dar e receber tanto prazer!!

Encontraram-se em um restaurante, tiveram uma conversa agradável e no final da noite, Ella já esperava ser levada a um quarto. Onde pudesse realizar suas fantasias. Estava feliz, excitada e ansiava em terminar aquela noite, como a planejou.

Mas foi então, que na porta do restaurante, enquanto aguardava o valet buscar seu carro, Elle pega suas mãos com firmeza, olha no fundo de seus olhos e diz: `Eu sinto muito…`
Ella faz uma expressão de quem não esta entendendo nada e Elle continua: `Eu… eu sinto muito realmente, mas… esta é a última noite, que nos encontramos. E quero que saiba que você é perfeita, mas acabou’.

Ella ficou perplexa, mas não disse nenhuma palavra, ficou tentando pensar em algo pra dizer, enquanto Elle dirigia até sua casa. Ao chegar, Ella se despede dElle com um beijo em sua face. Olha em seus olhos e a única coisa que consegue dizer é: ‘É uma pena’.
E sai do carro, com seu deslumbrante vestido vermelho e sua belíssima lingerie, que Elle nem teve a sorte de conhecer.