Ella é uma pessoa como você, comum. Sonha, luta, sofre, Ella nunca desiste.
Não é sonhadora como parece. Na verdade é bem realista e quase nunca se abate ou se deixa vencer pelo cansaço.

Mas desta vez foi um pouco diferente.
Há meses Ella enfrenta a mesma situação, dia e noite, noite e dia. Sorri, tenta esconder os olhos de quem a ama, mostrando apenas a “ponta do iceberg” e que pode dar conta.
No fundo, Ella sabe que não dá pra esconder, um iceberg por muito tempo. E que um dia, o barco pode bater e estraçalhar em pleno mar, sem que alguém possa ajudá-la.

Dia após dia Ella sofre sem que os outros vejam, ninguém pode ajudá-la, (Ella sabe) só Deus e o tempo.
Mas o tempo passa e nada muda. Ella corre e tenta driblar o tempo, inclina um minuto a sua cabeça. Mas logo a levanta e continua a lutar.
Seus pés estão cansados, suas mãos sem forças. Mas Ella continua em frente, com o amor de sua família e amigos.
Ella não perde a fé, nem no momento mais difícil. Ella fecha seus olhos e ora ao Pai, pedindo luz e forças, pra suportar a aprovação.

Numa noite Ella desaba, cai em prantos. Tenta visualizar o horizonte, mas não o vê. Aliás não vê nada, sua visão está marejada em lágrimas. Não consegue, nem distinguir os borrões a sua frente.
Mesmo assim, ora e tentar continuar com fé, na esperança que um anjo a escute. Mas seus pés descalços e feridos, não conseguem mais andar. Suas mãos calejadas, não conseguem mais segurá-la.
O desespero cai sobre Ella, mesmo relutando muito Ella cai em cinzas.

E é neste momento inesperado, que ao nascer de um novo dia, Ella resnasce das cinzas. Num brilho dourado que a cega, nem consegue abrir os olhos direito. Mas consegue distinguir um vasto horizonte a sua frente. Já não há mais sentimentos ruins ou lembranças do sofrimento. Ella só pensa em alçar vôo e como um Fênix, conquistar tudo a sua volta!

Sem medo, sem dor e só com seu coração preenchido de fé e esperança, vai em busca dos seus sonhos, onde é que eles estejam.

Novas crônicas toda quarta-feira.

Leia também: