Jogos, Jogo De Tabuleiro, Dados

Amigo secreto é uma das maiores torturas que já inventaram. É tão gostoso trocar presentes espontaneamente, escolher alguém de quem se gosta, pensar em algo que tenha a ver com a pessoa, ou por outro lado receber presentes caprichados, que mostram o envolvimento de quem está nos presentando. O amigo secreto acaba com tudo isso.

Mas chega de reclamar. Existe uma saída excelente para essa situação – presentes inteligentes, acessíveis, com uma variedade tão grande que podem satisfazer até os amigos cujo perfil você conhece pouco: os jogos de tabuleiro. Sim, eles mesmos. Com a pandemia acelerando um mercado que já vinha em ascensão, as opções de jogos modernos, interessantes e inteligentes são abundantes, veja só:

Para jogar sozinho:

Os jogos da linha Mazescape, da Devir não são apenas jogos solo, são um entretenimento que agrada praticamente qualquer pessoa. O antigo labirinto que aparecia nas revistinhas de passatempo foi completamente repaginado e transformado num puzzle que não é bobinho como os labirintos infantis nem impossível de resolver, mantendo o interesse na medida. Os caminhos são explorados dobrando-se (ou desdobrando) um pôster cuja configuração muda conforme a posição, como se estivéssemos numa gravura do Escher.

Para levar na bolsa:

Os jogos da coleção Matchbox, da Papergames, vêm em caixas pequenas e usam cartas e palitos como componentes, necessitando de pouco espaço para serem jogados. Ideal para tirar as pessoas do celular enquanto esperam na mesa do restaurante ou para integrar o povo numa roda de conversa. Em Sixstix, por exemplo, cada jogador tem quatro cartas com padrões formados por palitos, e com apenas três movimentos tem que tentar reproduzir o máximo de cartas que puder. Pode ser jogado sozinho, como um puzzle.

Para animar a festa:

O criador Haim Shafir sabe como agitar as coisas. Seus dois lançamentos pela Papergames mais recentes colocam os jogadores em volta de uma campainha a ser tocada por quem for mais rápido no raciocínio. O Speed Cups distribui cinco copinhos de cores diferentes que devem ser colocados em ordem, o mais rapidamente possível, de acordo com figuras que se sucedem. Já em Halli Galli cada jogador tem uma pilha de cartas com diferentes quantidades de frutas. Quando as cartas sobre a mesa mostram cinco – e apenas cinco – da mesma fruta, quem bater primeiro a campainha marca os pontos. Diversão garantida.

Para adultos “empreendedores”:

 

 

Em Don Capollo (Devir) os jogadores assumem o papel de herdeiros de um mafioso importante, disputando o lugar de novo capo da família. A cada rodada novos negócios são oferecidos, e o jogador tem que calcular qual o melhor momento para realizar seus lucros ou continuar investindo naquele ramo. Em muitos jogos desse tipo os jogadores pedem favores uns para os outros, mas em Don Capollo essa possibilidade foi incorporada às regras, portando cuidado: quem te fizer um favor poderá cobrar mais tarde.

Para os iniciados:

 

Quem já conhece os jogos modernos irá se encantar com o Living Forest, lançamento da Meeple BR. O desafio é resgatar a Árvore Sagrada, que está sob ataque de chamas enviadas pelo vilão Onibi. Os jogadores precisam gerir sua mão de cartas de forma a otimizar a força dos seus aliados, superando a força das chamas, mas existem várias estratégias possíveis dentro do jogo para alcançar a vitória: plantar árvores, colher flores sagradas ou apagar o fogo, o que torna o jogo mais complexo, perfeito para quem quer se aprofundar no hobby.

Veja quantas categorias para jogos existem hoje em dia. A sofisticação desse mercado tem feito com que os títulos ganhem muito em diversidade, o que se reflete uma pluralidade de temas, tipos, complexidade e – claro – preço. Uma solução perfeita para qualquer tipo de amigo secreto.