cachorro pastor

Conheça a raça Pastor Maremano Abruzês – Foto: Canil Impero Bianco

Com uma história milenar, a raça de origem italiana não requer muitos cuidados. Mas alguns detalhes são fundamentais para o bem-estar do cachorro.

Ainda pouco conhecidos no Brasil, os cachorros da raça Pastor Maremano Abruzês ou Pastore Maremmano Abruzzese, em italiano, são cães de pastoreio.

Após ganhar notoriedade ao integrar a família presidencial, Augusto Bolsonaro, cachorro recém adotado por Michelle Bolsonaro reencontra sua família verdadeira. Um lindo cão branco, da raça Pastor Maremano Abruzês, apareceu nos jardins da Palácio da Alvorada. Sem encontrar seus tutores, o grande peludo passou doze dias em aposentos presidenciais, até encontrar seu real tutor. Mas quem é a raça Pastor Maremano Abruzês?

História do Pastor Maremano Abruzês

Com uma história de mais de 2 mil anos, a raça Pastor Maremano Abruzês tem sua origem na Itália, como conta o médico veterinário e criador da raça, Pedro Nacib Jorge Neto. A função dos cães dessa raça, durante estes séculos, foi a de proteção de rebanhos de caprinos e ovinos contra ataques de lobos e ursos marrons existentes na região da Toscana (Maremma) e Abruzzo. Em cada uma dessas regiões, existia em pastor: Pastor Abruzês e Pastor Maremano. O Pastor Maremano Abruzês surgiu do cruzamento dessas duas raças. Somente por volta de 1958 ocorreu oficialmente a unificação do nome da raça.

O Pastor Maremano Abruzês tinham como responsabilidade a proteção da única forma de sustento de muitas famílias: a criação de cabras e ovelhas. Por todos estes anos a raça mantém sua característica: um excelente guardião do rebanho contra os mais diversos predadores.

Para mais informações sobre a história e características físicas, acesse o site da CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia) aqui.

cachorro deitado sorrindo

De origem italiana, a raça ganhou o coração dos brasileiros – Foto? Canil Fazenda Talisman

Comportamento do Pastor Maremano Abruzês

Segundo Umberto Andrea Appella, do Canil Impero Bianco e Membro do Clube do Pastor Maremano Abruzês Brasil, a raça tem comportamento instintivo. “Sua principal função até hoje é proteger e guardar sem temor os rebanhos, as propriedades e tudo que está sob seus olhos” explica.

O Pastor Maremano Abruzês é um cão de grande porte, fortemente constituído e de aspecto rústico. Não é aquele ursinho peludo para agarrar. Ele tem temperamento orgulhoso e independente.

O Pastor Maremano Abruzês é um cão muito inteligente e atento aos movimentos da casa. Durante seu desenvolvendo, ainda quando filhote, costuma “testar” seus tutores e os limites impostos por eles. Segundo Appella, não é um cão agressivo ou temperamental. “Pelo contrário, é um cão dócil e amável com seus proprietários. Porém é um cão orgulhoso e as vezes teimoso” confessa.

A raça possui habilidade de seguir o rebanho, por 24 horas ininterruptas. Fora da rotina de trabalho, são cães pacatos e preguiçosos, porém nunca desatentos aos perigos. Durante a noite, são extremamente ativos, patrulhando os limites, demarcando seu território e latindo, quando houver iminência de ameaças.

cachorro atento

Uma ótima raça para quem mora em casa – Foto: Canil Fazenda Talisman

A guarda acontece em três níveis:

  1. LATIR – quando o Pastor Maremano Abruzês detecta algo fora do normal, fora da rotina, ele começa a latir. Se o predador continuar a se aproximar, os latidos ficam mais intensos, avisando de possível retaliação a invasão. Em último caso, se o predador insistir na aproximação, o Pastor Maremano Abruzês pode partir para o ataque.
  2. MARCAÇÃO DO TERRITÓRIO –  o Pastor Maremano Abruzês demarca todo seu território com urina. Esta prática tem grande ação de comunicação e advertência entre canídeos. O Pastor Maremano Abruzês inspecionará diariamente o território, remarcando e alertando os predadores de sua fiscalização diária. Tanto machos, como fêmeas têm o mesmo comportamento.
  3. PATRULHA – Guardando suas energias durante o dia, é a noite, quando os riscos de predadores são maiores, o Pastor Maremano Abruzês é extremamente ativo. Serão frequentemente vistos antes do rebanho, ao mudar de áreas e pastos. Isso porque cria-se no rebanho uma sensação de proteção, dada pelo Pastor Maremano Abruzês.

Segundo Dr Pedro, o Pastor Maremano Abruzês é um cão rápido e elástico como um gato, sabem distinguir sons e ruídos inofensivos ou ofensivos. São cães fortes e bem constituídos, com força e audácia suficientes para impedir qualquer ataque de predador ao rebanho.

Ambiente ideal para o Pastor Maremano Abruzês

Durante sua existência, o Pastor Maremano Abruzês sempre foi um cão utilizado para guarda de rebanho e/ou propriedade. Até os dias de hoje, esses cães predominam em áreas rurais. Todavia, como fala Appella, é um cão que pode ser criado em uma casa tranquilamente. Mas é indicado haver uma área considerável para o cão se movimentar, exercitar e ter suas necessidades atendidas.

Se não tiver suas necessidades básicas de exercício e tarefas cognitivas atendidas, pode desenvolver comportamentos indesejados. Por isso, não é uma raça indicada para pequenas residências e apartamentos. Se mantidos em confinamento, podem ficar muito estressados. Essa é o único pré-requisito para quem quer adquirir essa raça.

Considerado um cão bastante rústico, se adapta bem a diferentes temperaturas e ambientes rurais. Não requer nenhum tratamento especial. Possui um pelo áspero, abundante, somente na cor Branca.

filhote pastor

Se adapta a qualquer ambiente e temperatura – Foto: Canil Impero Bianco

Problemas de saúde do Pastor Maremano Abruzês

Segundo Appella, o Partor Maremano Abruzês é um cão forte, rústico, com uma estrutura muito desenvolvida. O macho pode pesar em torno de 50 kg. Já a fêmea não costuma passar dos 45 kg.

O excesso de peso e um ambiente impróprio podem contribuir para os problemas ortopédicos ou torção gástrica. Doenças comuns na maioria dos cães de grande porte.

Fora isso, são cães não possuem nenhum tipo de tratamento especial. Somente os cuidados básicos são necessários, como boa alimentação, escovação, vacinação e vermifugação. Cães dessa raça podem viver entre 10 e 14 anos.

Quem procura a raça?

Por ser um cão com uma habilidade incrível de guardar e proteger os rebanhos e as propriedades, grande parte da procura por esse cão acontece por pessoas que buscam essas habilidades. Normalmente é para quem mora ou possui chácaras, sítios ou fazendas, como relata Appella.

Apesar disso, nos últimos anos, a raça tem ganhado espaço nas famílias urbanas. Esse aumento pode estar associado à segurança. Essa raça, diferente de outros cães de guarda, protege a família e seu território, além de ser um excelente cão de companhia ao distinguir as visitas de possíveis intrusos.

mãe e filhote

A raça é ideal para grandes propriedades – Foto: Canil Impero Bianco

Um apaixonado pela raça, Appella conta que são muitos pontos que tornam essa raça incrível. “Um dos mais importantes é seu temperamento, além de ser um cão maravilhoso e majestoso” diz. Outro diferencial do Pastor Maremano Abruzês é o fato de ter sofrido poucas mudanças com o passar dos tempos. “Suas características não foram alteradas pela vontade do homem e continuou exercendo sua principal função: proteger e guardar rebanhos e propriedades” finaliza Appella.

O Pastor Maremano Abruzês é muito mais que um grande guardião dos rebanhos e propriedades. A raça veio se tornar um amigo leal, além de proteger e alegrar as famílias.