heidiortolan/Creative Commons

O rabo é uma parte muito importante do cão. Dizem que é o segundo coração do animal, por demonstrar seu estado emocional. Muitos sabem que ao colocar o rabo entre as patas, o cãozinho diz estar com medo. Mas ao abaná-lo, o sinal é de alegria e contentamento. Será?

Muitos são os pesquisadores que buscam as respostas para cada movimento do rabo do cachorro. Já se sabe que a cauda é um dos elementos de comunicação corporal utilizado pelos canídeos. Além das orelhas, olhar, posição de patas e língua, o rabo expressa muito do que o animal está sentindo. Muito mais do que simplesmente medo ou alegria.

Há diferentes formas de um cão abanar seu rabo. Você já reparou isso? Ele pode estar com a cauda elevada, tensa, com movimentos curtos. Ou a cauda pode estar relaxada, ao longo do corpo, com movimentos amplos e lentos. Também é possível observar uma cauda tensa, com pelos arrepiados. Cada uma das posições e movimentos, querem dizer coisas bem diferentes.

Não é apenas a posição do rabo que irá determinar o estado emocional do animal. Ela apenas ajuda a compor uma postura corpórea. Por isso, é tão complicado inferir o que o cão está sentindo só pelo rabo.

Todavia, pesquisas apontaram que, o que muitos acreditavam ser alegria, pode ser ansiedade. Sabe aquele momento que você chega em casa e vê sua meia babada no tapete da sala? Seu cão vem te receber e você já dá aquela bronca básica, mostrando o resto da meia. Ele abana o rabo, mas não é um rabo ereto, abanando tranquilamente. É um movimento bastante rápido, com a cauda um pouco mais baixa. Este é o típico exemplo de ansiedade.

Deneb56/Creative Commons

Alguns tutores confundem esse movimento com alegria ou euforia do cão ao encontrar seu tutor. Mas na verdade ele está bastante desconfortável com a situação. Da mesma forma um cachorro, que ao encontrar um cão desconhecido no parque, deita de barriga para cima, coloca o rabo entre as patas e abana rapidamente, em movimentos bem curtinhos. Como se estivesse tímido. Pelo menos é assim que os tutores descrevem: “meu cachorro é tímido e está tentando mostrar para o amigo, que não é bravo”.

Na verdade, este cão está apavorado, morrendo de medo do “amigo”. Ele não quer interagir com o animal desconhecido. Se ele pudesse usar a capa da invisibilidade do Harry Poter, ele faria.

Don DeBold/Creative Commons

Existe uma linha de pesquisa que aponta que a direção de abanar o rabo comunica coisas completamente diferentes.

Mesmo se o animal estiver relaxado, com o rabo ao longo do corpo ou elevado, se o movimento for mais para o lado direito, ele está relaxado e contente com a situação. Porém, se for mais para a esquerda, ele está desconfortável e até estressado com a situação.

Coitado dos cães sem rabo. Eles serão mais mal compreendidos por nós e por outros cães…

Christine und David Schmitt/Creative Commons

Por isso, a partir de hoje, preste mais atenção no rabo do seu cachorro, para entender como está o estado emocional dele. Muitas brigas ou situações de estresse podem ser resolvidas, se observarmos o rabo do nosso peludo.