cachorro no escritório

Home Office com cachorro na praia – Foto: Luiza Cervenka

Depois de um ano e três meses sentada na mesma cadeira, olhando a mesma paisagem ao escrever ou trabalhar ao computador, descobri que é possível exercer as mesmas atividades, ao lado do cachorro, mas de frente ao mar ou na beira da piscina.

Localizado na praia da Enseada, no Guarujá, em São Paulo, o Hotel Doral Guarujá conta com áreas pet friendly e estrutura de escritório em suas dependências. Para conferir cada detalhe, a Aurora (minha cachorrinha) e eu nos hospedados por três dias para sairmos do tédio.

A primeira coisa que chamou mais minha atenção não foi a cadeira confortável do quarto, com uma mesa adequada para o computador. Bem melhor que a cadeira e mesa da sala de jantar. Mas a liberdade de ir a quase todos os lugares do hotel em companhia da Aurora.

café da manhã de frente para a praia

Bar pet para café da manhã e trabalhar ao lado do cachorro – Foto: Luiza Cervenka

Café da manhã? A Aurora ficou deitadinha ao meu lado. Hora de trabalhar? Revezamos entre a mesa do quarto e a mesa do bar pet. Mas sempre com o cachorro na guia.

Quer fazer uma pausa? Que tal um solzinho no solarium pet? Tem espreguiçadeiras, ombrelones e mesinhas. Os pets ficam soltos em segurança, já que toda extensão do solaruim é telada e com portão anti-fuga. Outra opção é curtir a vista da varanda do quarto, deitado em uma das espreguiçadeiras. Ou então, dar uma voltinha do calçadão. Também tem a opção de pegar uma bicicleta (gratuitamente) e curtir a ciclofaixa que percorre toda a orla. Como levei a bolsa, coloquei a Aurora dentro e fomos desbravar a praia sobre rodas.

cachorro no colo de costas para piscina

Solarium telado para tomar sol ao lado do pet – Foto: Luiza Cervenka

Nenhuma praia do Guarujá permite a permanência de cachorro. Porém, (todavia, entretanto,) diversas pessoas passeiam com seus cães pela areia, principalmente ao final da tarde. Aliás, é uma ótima dica de socialização para humanos e pet: passear no calçadão ao final da tarde.

Regras Pet

Ao chegar ao hotel, recebi um informativo com todas as regras para os hóspedes caninos. São aceitos somente cães, de todos os portes. São aceitos até dois cães por quarto. Normalmente eles são hospedados, com seus humanos, nos apartamentos do térreo. Isso se deve ao tipo de varanda dos quartos desse andar, que tem parapeito de alvenaria mais alto. Já as varandas dos andares superiores não são teladas e a distância entre as barras de alumínio é grande, podendo um cachorro pequeno passar.

Assim que chegamos ao quarto, encontramos um kit pet de boas-vindas com potinhos, petisco, cata caca e tapetinho higiênico.

As regras basicamente são: cachorro não pode ficar na parte interna do restaurante (somente na área externa), spa, brinquedoteca e piscina (somente no solarium).

Se você precisar ou quiser sair sem o pet, ele pode ficar no quarto, desde que não sofra por isso. Latidos e destruição não são comportamentos desejados. A dica é levar brinquedos, mordedores e dispositivos para seu cachorro, que ele já esteja acostumado. Tanto para ele se distrair enquanto você trabalha, quanto se precisar ficar sozinho no quarto. Outro item importante para leva de casa é a caminha ou cobertorzinho do peludo.

Todos os cães devem ser sociáveis com outros animais e humanos. Do contrário, devem se retirar do hotel. Enquanto estive hospedada, a Aurora fez diversas amizades. Encontramos outros três cães e foi uma festa.

trabalhando com cachorro na espreguiçadeira

Trabalhar com pet de frente para a praia é possível – Foto: Luiza Cervenka

Foram poucos dias longe de casa, aproveitando tudo que o Hotel pode proporcionar. Mas chegou a hora de voltar à realidade. Agora é minha responsabilidade propiciar atividades e outras situações para que não haja tédio principalmente na vida da Aurora. Agora ela vai querer viajar sempre.