M B/Creative Commons

De plástico, porcelana ou metal. Redondo, quadrado ou oval. Opções e tipos de potes é o que não falta nas lojas e petshops. Mas será que todos estão de acordo com as necessidades dos gatos?

Segunda a bióloga e doutora em Comportamento e Bem-Estar Felino, Juliana Damasceno, é muito difícil haver um fabricante conhecedor do comportamento dos felinos e de suas necessidades durante a alimentação. Por isso mesmo, basicamente todos são ruins e não ajudam o gato a pegar os grãos de ração. Se os gatos pudessem, iriam ao pet shop só para jogar todos os potes no chão.

Porém, com a consultoria da Dra Juliana, a Pet Games lançou o comedouro perfeito para os gatos, chamado Cat Fit. “Ele tem diversas características que fazem o gato comer mais, melhor e de forma mais confortável”.

É hoje que você vai entender o motivo do seu gato tirar a ração do pote com a pata ou só comer no meio do pote. Todos os felinos deixam ração no borda e fazem tipo um buraco no meio. Depois miam para pedir mais comida, como se não houvesse mais ração no pote. Muitas pessoas acham que o gato está de frescura, mas não é bem por aí.

Detalhes fazem a diferença

Foto: Juliana Damasceno

– altura: garante uma postura mais confortável, sentado ou em pé, apoiado nos quatro membros igualmente. Tanto para gatos filhotes, quanto gatos grandes.

– diâmetro: garante que o gato não encoste os bigodes (vibrissas) para pegar o alimento. Os bigodes são órgãos sensoriais super sensíveis, responsáveis principalmente por tato, distância e vibração. Encostar ou entrar com as vibrissas no pote é extremamente incômodo para ele.

– profundidade: alguns gatos com focinho curto (braquicefálicos), como persa, não alcançam o fundo de muitos potes, sem encostar os bigodes na borda.

– formato côncavo: permite sempre que alimentação fique concentrada no centro, facilitando a apreensão do alimento, sem ficar parado em quinas do fundo. Explicado o mistério da ração sempre sobrar nos cantos do pote?!

Gato já é um animal seletivo por si só. Muitos têm a maior dificuldade para comer. Se tiver um pote que ainda deixe o momento da alimentação desconfortável, há grandes chances de comer menos.

Funciona mesmo?

Eu fiz o teste. Coloque o catfit ao lado do pote antigo deles. Todos os meus três gatos dão preferência por comer no cat fit. Nunca sobra um grão de ração. Mas o mais incrível é que parou a miação da madrugada, pedindo mais comida (mesmo o pote cheio de ração nos cantos).

E se eu não tenho o cat fit?

Ken/Creative Commons

Calma, há soluções! Primeira coisa é prestar atenção nos quatro pontos: altura, diâmetro, profundidade e formato. Alguns potes de vidro ou cerâmica, desses de sobremesa, atendem a esses quesitos. Ou então o chawan, aquele potinho de comer missoshiro ou udon em restaurante japonês. Depois, só basta colocar em um local mais elevado. Em cima de uma caixa de sapato, por exemplo.

Pode parecer estranho, mas nenhum dos potes que você encontrar no pet shop irá atender os quatro pontos importantes para os gatos.

Algumas marcas já tentaram fazer coisas parecidas, mas ou não foram para frente ou não atendiam a todas as necessidades do gato. Precisou de uma bióloga e um veterinário para dar vida ao sonho de todos os gatos.

Serve para água?

Sim, serve super para água. Mas a Dra Juliana faz um apelo: “dê uma fonte/bebedouro de água corrente para seu gato. Dê preferência de um material que deixe a água mais fresca: barro, cerâmica ou vidro”.

Plástico não dá acne nos gatos?

Baptiste Hetet/Creative Commons

Tema polêmico! Muitos estudos mostram que não é o material em si que influi, mas as bactérias que permanecem na superfície. Como o gato não vai encostar nas extremidades do cat fit, a chance de ter acne é pequena. Além disso, o material utilizado é antimicrobiano.

Mas o catfit não é muito pequeno?

Muitos tutores de gato adoram encher o pote e repor a medida que o gato pede (ou quando forma o buraco no meio sem ração). Mas não é o ideal. A medida que o alimente fica no pote, ele perde umidade e os palatabilizantes. Ambos são essenciais para saúde e para garantir a vontade do gato comer.

No catfit, cabe uma porção de 90 gramas de ração. O que é mais do que uma porção diária, como recomenda a maioria dos fabricantes.

Preciso confessar que eu era um desses tutores que lotava o pote. Desde que mudei para o cat fit, meu gato está comendo menos, mais devagar e emagrecendo. Além do miado ter diminuído muittoooo!!!!

stanze/Creative Commons

Resumindo, preste muita atenção no comedouro ou pote que você está utilizando para os seus gatos. Algumas mudanças vão garantir maior conforto e até bem-estar para seu peludo.

Ainda em dúvida? Com a palavra, Dra Juliana.