cachorro com chapéu de aniversário

Comemorar o aniversário pode ser muito divertido – Foto: @kati_yamakague

No último domingo foi a festa de aniversário do meu afilhado canino, o Ruffos. No final da festa, escutei algo que me fez refleti: “Eu nem sabia que tinha festa de aniversário de cachorro”.

Não é só estereótipo estético que importamos dos EUA. Desde o século passado, socialites americanas promovem festas para comemorar o aniversário de seus cães. Eu mesma já copiei uma celebridade e fiz o aniversário da minha primeira cachorrinha, a Natalie. Devia ser meados dos anos 90 (ok, isso entrega minha idade). Teve bexiga, bolo humano (não tinha bolo para cachorro naquela época), docinho e parabéns. Convidei alguns amigos com cachorro e foi uma diversão.

cachorro de chapéu e bolo

O bolo para os cães deve ser fito especificamente com ingredientes que ele possa comer – Foto: Marcele Lopes

Isso quer dizer que eu sou fútil? Quer dizer que eu não tenho mais o que fazer? Muitas pessoas pensam dessa forma. Mas é puro preconceito. Se o cachorro faz parte da família por que não comemorar mais um ano de vida ao seu lado?

A grande questão é: como será feita essa comemoração? A festa é para o cachorro ou para o ser humano? O bem-estar e as vontades do cão estão sendo atendidas?

Trilhaniversário do Ruffos

Cachorro na trilha

Trilha para cachorro pode ser uma ótima comemoração de aniversário – Foto: Gabriela Gut

A ideia de fazer uma festinha para o Ruffos foi minha. Afinal, a trilha que tínhamos marcado seria exatamente no dia do aniversário dele. Por que não fazer um bolo canino e cantar parabéns?

É importante para o cachorro comemorar aniversário? Obviamente que ele não liga para isso. Mas é uma delícia quando aliamos o nosso desejo materno/paterno de celebrar a vida do nosso filhote.

O aniversário foi um super sucesso por um único motivo: o Ruffos pôde ser cachorro! Ele correu, pulou no lago, brincou com outros cães (claro que tivemos que tomar cuidado com as interações) e comeu bolo preparado especialmente para cães!

aniversário para cachorro

Festa é legal, quando todos se divertem! – Foto: Luiza Cervenka

Foto? Temos algumas poucas. Afinal, o aniversariante queria correr e brincar, sem paciência para coisas humanas. Respeitamos. E isso que é o mais importante: respeitar o cachorro, principalmente no dia do aniversário dele.

Motivos não fazer festa para cachorro

Eu nunca fiz e nunca vou fazer festa de aniversário para a Aurora, minha chihuahua. Por um motivo muito simples: ela odeia aglomeração de pessoas e de cachorro. Como eu vou conseguir deixa-la confortável em uma festa?

É uma frustração? Talvez. Mas eu que vá resolver isso em terapia. Não posso colocar meus desejos sobre o bem-estar da cachorra.

A festa de aniversário de um cachorro deve contemplar coisas que ele ame fazer. Não adianta pensar só nas fotos ou no que os convidados gostariam. Lembre-se: a festa é de cachorro, não de humano.

Veja alguns motivos para não fazer aniversário para cachorro:

  • Se o cachorro é reativo ou não é socializado (se não gosta de outros cães)
  • Se é muito filhote e não tomou todas as vacinas
  • Se ele não tolera barulho alto
  • Se ele estranha pessoas novas
  • Se o cachorro é muito agitado
  • Se o cachorro cansar rápido
  • Se a festa não tiver entretenimento para os cães.

Deixe que os outros te julguem. Se seu cachorro curte, faça uma festa bem gostosa para ele. Ofereça momentos de alegria, diversão e muito bem-estar ao peludo. Não apenas no aniversário dele!