três cahorros brincando na grama

Golden Retriever, o cão amor – Franco Vannini/Creative Commons

Não há quem consiga se manter de mau humor ao lado de um cachorro Golden Retriever. Seja adulto ou filhote, aquele ursão, bolinha de pelo ou um leãozinho espalha amor e simpatia por onde passa. Mas nem tudo são flores. Veja todos os cuidados com a raça.

Minha carreira como terapeuta comportamental de cães teve início por conta de um cachorro Golden Retriever, chamado Chronos. Ele era tão maluco, alegre, desajeitado e lotado de energia, que fui me especializar em comportamento canino, para poder lidar com aquela bola de pelos. Então, eu sei bem como é ter um cachorro dessa raça.

Ai que saudades daquele cachorro gorducho. Tudo bem que ele comeu meus livros, o pé da minha cama, o batente da porta, óculos de sol e outras coisas que já não lembro. Ah, mas a alegria de ter um cachorro amor, o Golden Retriever, vale tudo isso.

Origem da raça

A raça é originária da Escócia. Com o avanço das armas, os caçadores abatiam mais patos. Seus cães não davam mais conta de buscar a caça. Assim, eles fizeram inúmeros testes e cruzamentos até chegar na raça Golden Retriever. A raça foi desenvolvida para cobrir maior área e ser bastante eficaz na tarefa de recolher e levar aos caçadores os animais abatidos. “Se não fosse o desenvolvimento de armamentos bélicos e espingardas de repetição, talvez não teríamos hoje o cão amor (como chama o Golden)” explica Marcos Nishikawa, do canil Golden Trip.

Veja, no vídeo abaixo, a entrevista que eu fiz lá no canil Golden Trip

Características do cachorro Golden Retriever

Cão robusto, rude, de fácil manutenção. Na América do Norte, pertence ao grupo de cães esportivos. Seu temperamento é dócil. Aquela expressão “só falta falar” é a cara do Golden. A popularidade dele está exatamente nessa característica de proximidade, vontade de fazer dar certo e querer ajudar.

Há diferença entre o padrão americano e inglês, o que gera uma grande discussão no mundo. “As diferenças vão em tipo de pelagem, ossatura, temperamento e características. Eles ficaram tão diferentes, que é basicamente outra raça. Mas os dois são maravilhosos” comenta Nishikawa.

Para mais detalhes das suas características físicas e conhecer os critérios, segundo a CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia), clique aqui.

Golden deitado

Uma raça escocesa, desenvolvida para recolher patos abatidos – pala zülfü/Creative Commons

Diferença entre labrador e golden retriever

Segundo Nishikawa, um labrador, adquirido de um bom criador, é um cachorro que só falta falar. Já sai da média. Mas ao comparar um Golden e um labrador, comprados em qualquer, o Golden tem um temperamento mais tranquilo. Por isso, a procura pelo o Golden é muito maior.

Um bom labrador, de um bom criador tem um bom temperamento também, como relata Nishikawa. “O labrador chegou antes, se popularizou mais. Porém, no geral, o temperamento do Golden está mais preservado do que do labrador. Os labradores são mais saudáveis com menor índice de displasia” pontua.

“Em breve, se os criadores de Goldens não se unirem, talvez tenhamos cachorros de mau temperamento também” desabafa Nishikawa.

Quais os cuidados que o tutor deve ter com um Golden Retriever?

Tudo começa com a aquisição do cachorro. Por isso, a busca por um bom canil é necessária. A raça é muito popular. Buscar um canil idôneo não é a certeza de ausência de problemas. Apenas diminui a chance do cachorro ter questões de saúde.

Além disso, é importante visitar o canil, conhecer o pai e a mãe do filhote, observar seus comportamentos e índoles. Pedir os laudos de displasia coxo-femural de pais e avós também é recomendado.

Golden deitado

É preciso se programar para ter um Golden – Gary Eyring/Creative Commons

Problemas de saúde

A raça é muito forte, mas tem propensão a ter problemas sérios e sem tratamento, como:

  • problemas cardíacos
  • problemas renais
  • problemas de câncer
  • problemas ortopédicos em geral.

Quanto um Golden Retriever gasta por mês?

Segundo Nishikawa, o cachorro Golden Retriever é caro para se manter. Principalmente se for criar em apartamento. Não é uma raça ideal para quem gosta de economizar. “Desde a sua formação enquanto raça, o Golden Retriever é elitista. Não são todas as pessoas que podem manter um cachorro dessa raça. É duro falar isso, mas não dá para ter um cachorro de lord com renda de plebeu. Esse é um conselho para tutores e goldens terem mais chances de serem felizes” pontua.

É possível criar um cachorro Golden Retriever em apartamento?

Por ser a raça mais popular do mundo e as cidades estarem cada vez mais verticalizadas, 70 a 80% de Golden, em solo nacional, estão indo para apartamento. “Golden não foi feito para morar em apartamento” enfatiza Nishikawa.

Segundo o criador, a raça Golden Retriever está cada vez mais displásica, com questões ortopédicas. “Todo ano aumenta o número de cães dessa raça com displasia. Isso não quer dizer que os criadores estão menos responsáveis” alerta.

cabeça do golden retriever

É uma raça para quem está disposto a investir Gary Eyring/Creative Commons

A displasia coxo-femural é um problema ortopédico na junção do osso do fêmur com o quadril. Há uma base genética que pode facilitar a doença. Mas, como aponta Nishikawa, não é só isso. “Manter um cachorro em piso liso, com pouco passeio, com sobrepeso e sem sol irá aumentar e muito a chance de apresentar a displasia”.

Isso independe do tamanho do apartamento, já que a questão maior é o piso. Tábua corrida, porcelanato, ou qualquer piso escorregadio facilita muito a chance de ter displasia ou problema de patela. Durante o desenvolvimento do cão da raça Golden Retriever, há a necessidade dele se locomover em piso que não escorregue, que ele tenha firmeza.

Nishikawa explica que é possível ter cachorro Golden Retriever em apartamento, desde que as condições ideais sejam oferecidas a ele. “Se for criar em apartamento, já coloca no orçamento natação e fisioterapia a serem feitas durante o desenvolvimento (de 4 a 11 meses de idade) para segurar a displasia. Também tem que andar, caminhar ou ir para creche todos os dias. Tomar sol diariamente é mais do que necessário” comenta. Se seguir todos esses critérios, a chance de displasia é menor.

É possível ter um Golden feliz em qualquer lugar ambiente, inclusive dentro de um apartamento.

Seja em casa, apartamento, chácara ou sítio é importante estimular também a cognição desse animal. Por ser extremamente inteligente,

Perfil ideal do tutor

Golden é um dos cães mais inteligentes. Por isso o cachorro Golden Retriever necessita de desafios mentais diários, além de bastante exercício. Sem isso, o cão pode apresentar problemas como destruição, irritação, lambedura de patas, falta de foco, etc. Somente jogar bolinha não será suficiente.

Também é uma raça que precisa de atenção, de convivência familiar. Nada de deixá-lo o dia todo sozinho no quintal.

Como conta Nishikawa, não é uma raça de tutor específico. Por isso mesmo é uma raça tão popular no mundo todo. “Ele vai fazer o possível para se adequar a qualquer perfil de família, de mente, coração e alma. Ele não é um cão para um tutor ideal, mas o cão ideal para qualquer tutor” finaliza.