Família com cachorro

A amizade entre humanos e cães é milenar – Cynthia Montes/Creative Commons

Estudos mostram a evolução da amizade entre homens e cães. Provavelmente essa relação começou há mais de 20 mil anos. Os cachorros foram os primeiros animais a serem domesticados pelo ser humano, por isso a nossa intensa relação.

Quando pensamos em evolução humana, vemos o quanto a cão esteve e está presente nos principais capítulos da história. Por isso, pensamos em co-evolução, na qual as duas espécies de aproximam para que ambas mantenham uma trajetória.

Se engana quem pensa que os cães vieram dos lobos. Assim como os humanos não vieram do macaco, mas têm um ancestral comum, os cães também compartilham uma ancestralidade com os lobos cinzas. Ainda não há comprovações científicas de qual seria essa espécie que antecedeu os cães, dentro do processo evolutivo.

O que se sabe é que os seres humanos foram primordiais na modificação do comportamento e até fisiologia entre cães e lobos. A compreensão das emoções humanas pelos cães é um fato que prova essa teoria. Basta olharem para uma foto de uma pessoa brava, triste ou feliz para o cão reconhecer o que aquela emoção significa, inclusive a qual tom de voz está associada.

Para trazer isso para a nossa rotina, basta observar o comportamento do cachorro quando estamos tristes ou bravos. Quando estamos chateados ou chorosos, logo o cão se aproxima, como que para consolar-nos. Todavia, quando bravos, falando mais alto, o cão foge, com receio que sobre para ele. Esse é o resultado de muitos anos da co-evolução.

Da mesma forma, não precisamos ser ensinados sobre os significados do rabos dos cães ou o que significa quando há um rosnado. Até a menor criança se afasta quando o cão mostra os dentes. Esse ensinamento já é natural dos humanos, após tantos anos de convivência com os cachorros.

Mas quando falamos em compreensão do comportamento, educação e cognição canino por parte do humanos, ainda há muito a ser aprendido. Diversos grupos nos Brasil e fora do país se dedicam intensamente a temáticas vinculadas ao comportamento de cães, como linguagem, memória, comunicação, medos, ansiedade, reatividade, enriquecimento ambiental, entre outros. A cada mês há um novo artigo científico mostrando o quanto é preciso estar atento e atualizado para trabalhar com comportamento canino.

Métodos tradicionais de educação como cutucão, enforcador, bronca, borrifador de água e latinha com moeda já se mostram arcaicos e ineficazes. Alguns tutores e até profissionais continuam utilizando essas técnicas, da mesma forma que muitos ainda acreditam que manga com leite mata.

Não só a ciência está aí para mostrar toda essa mudança, como o cinema. Inclusive com um lançamento para os amantes dos cães.

Já está disponível no Disney+ a série original Turner & Hooch, estrelada por Josh Peck (Drake e Josh). Na trama, que terá novos episódios semanais, a vida de um jovem e sistemático oficial de justiça (Josh Peck) muda completamente quando herda Hooch, um cão babão e bagunceiro – “interpretado” por cinco mastins franceses. Seu novo animal de estimação é indomável, mas com o tempo, ele se torna um bom parceiro para ajudar Scott com os desafios do trabalho, a encontrar o amor e até mesmo resolver o mistério do último caso de seu pai. Turner & Hooch fala sobre amadurecimento, família, ascensão de carreira e relacionamentos – e é uma ótima sugestão para os petlovers.

Inclusive, aproveitando a temática pet, o Disney+ montou uma lista com outras 10 produções da plataforma estreladas por cães (de verdade)! Confira abaixo.

Uma Dupla Quase Perfeita (1989)

Tom Hanks com cachorro

Uma dupla quase perfeita – Foto: Disney

Estrelado por Tom Hanks, o filme deu origem à nova série do Disney+. No longa, Hanks interpreta Scott Turner, um detetive que está prestes a se mudar de cidade e enfrentar casos maiores. No entanto, antes de partir, ele deve resolver um último caso de assassinato, e a única coisa mais próxima que ele tem de uma pista é o cachorro da vítima, Hooch. Turner, então, decide adotá-lo a fim de juntar as pistas necessárias para resolver o crime.

A Incrível Jornada (1993)

foto filme a incrível jornada

A incrível Jornada – Foto: Disney

Remake do filme homônimo de 1963 (também disponível no Disney+), A Incrível Jornada conta a história do Bulldog Chance, o Golden Retriver Shadow e a gatinha Sassy, que embarcam juntos em uma jornada para encontrar seus donos. A sequência, A Incrível Jornada 2: Perdidos em São Francisco (1996), também está disponível na plataforma.

101 Dálmatas (1996)

foto 101 dálmatas

101 dálmatas – Foto: Disney

Esse clássico não poderia ficar de fora dessa lista, não é mesmo? Também baseado em uma animação, o live-action sobre os filhotinhos Dálmatas que tentam escapar das mãos da malvada Cruella De Vil (Glen Close) estreou em 1996 e ganhou uma sequência em 2000 – 102 Dálmatas.

Neve pra Cachorro (2002)

Foto filme Neve para cachorro

Neve pra Cachorro – Foto: Disney

Nessa comédia estrelada por Cuba Gooding Jr., a vida do dentista Ted Brooks vira de cabeça para baixo quando ele herda um time de cães – sete huskies siberianos e um border collie – de trenó do Alasca. Completamente fora de sua zona de conforto, ele passa a enfrentar desafios jamais imaginados.

Meu Melhor Amigo (2005)

Foto filme Meu melhor amigo

Meu melhor amigo – Foto: Disney

Baseado no best-seller ‘Winn-Dixe, Meu Melhor Amigo’, o filme conta a história de uma jovem garota que tem a vida mudada por um filhote amoroso chamado Winn-Dixie. O vínculo especial entre eles muda seu reservado pai e o povo excêntrico da cidade que eles encontram durante um verão inesquecível.

Resgate Abaixo de Zero (2006)

Cena filme Abaixo de zero

Abaixo de zero – Foto: Disney

Quando as condições climáticas e um trágico acidente forçam os membros de uma expedição científica a evacuarem a Antártica, Jerry (Paul Walker), um guia de sobrevivência, tem que deixar seus cães para trás. Os caninos e seu dono, então, fazem uma jornada para se encontratrem novamente, numa aventura emocionante sobre lealdade e amizade.

Vira-Lata (2007)

Cena filme Vira-lata

Vira-lata – Foto: Disney

Após um acidente no laboratório de alta tecnologia do Dr. Simon Barsinistro (Peter Dinklage), um cachorro belga ganha poderes extraordinários e a capacidade de falar. Ele passa, então, a vestir um traje de super-herói, se autodenominando o Vira-Lata e jurando defender os cidadãos de Capitol City. Quando um plano malvado de Barsinistro e seu capanga Cad ameaça destruir a cidade, apenas o canino poderá salvar a situação.

Perdido pra Cachorro (2008)

Cena filme Perdido para cachorro

Perdido pra cachorro – Foto: Disney

Nessa aventura hilariante e cheia de diversão, Chloe, uma chihuahua mimada de Beverly Hills, se perde durante as férias no México. Papi, um chihuahua divertido que é louco pro Chloe, entra em ação para resgatá-la e viaja até o sul da fronteira – enquanto isso, ela recebe a ajuda de Delgado, seu novo amigo e protetor. O filme ganhou duas sequências: Perdido pra Cachorro 2 (2011) e Perdido pra Cachorro 3 (2012), todos disponíveis no Disney+.

Super Buddies (2013)

Cena filme Super Buddys

Super Buddys – Foto: Disney

Super Buddies conta a história de cinco filhotes que descobrem anéis misteriosos e que garantem superpoderes únicos. O filme é o último de uma longa franquia, que conta com outros títulos disponíveis na plataforma: Snow Buddies: Uma Aventura no Gelo (2008), Space Buddies: Uma Aventura no Espaço (2009), Santa Buddies: Uma Aventura de Natal (2009), Spooky Buddies: A Casa Mal-Assombrada (2011) e Treasure Buddies: Caça ao Tesouro (2012).

A Dama e o Vagabundo (2019)

Cena filme A dama e o vagabundo

A dama e o vagabundo – Foto: Disney

A clássica animação da Disney, de 1955, que conta a história do amor entre uma cadela doméstica e um vira-lata, ganhou uma versão live-action em 2019. Um dos primeiros originais Disney+, o filme conta com animais de verdade e diversas cenas semelhantes ao original.

Independentemente de filme ou como foi a evolução da amizade entre cães e humanos, devemos nos dedicar ao máximo à relação com nossos peludos. É nossa responsabilidade garantir o bem-estar e qualidade de vida deles.