Crédito: Débora Klempous / Chega de Trabalho Infantil

Na próxima quinta, dia 5 de março, ocorrerá o Seminário Trabalho Infantil em São Paulo: Controle Social e Monitoramento, na Sociedade Santos Mártires, no Jardim Ângela, zona sul da cidade, das 9h às 17h30.

Com entrega de certificado, a programação contará com atividades para adultos e crianças em situação de vulnerabilidade – uma forma de convocar a sociedade civil para a responsabilidade de garantir aos meninos e meninas que vivem no Brasil o direito à proteção integral, à educação e a uma infância sem trabalho.

Promovido pela Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil, frente de prevenção e erradicação do trabalho infantil da organização social Cidade Escola Aprendiz, o evento é gratuito e aberto a todo o público.

seminário marca o fim do projeto Chega de Trabalho Infantil no Jardim Ângela, realizado ao longo de dois anos com o apoio do CMDCA e financiamento do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fumcad) de São Paulo.

Programação

Logo pela manhã, haverá uma oficina destinada a 60 crianças atendidas pelos Centros para Crianças e Adolescentes (C.C.A.s) da região. De forma lúdica, os educadores abordarão o tema do trabalho infantil, por meio de desenhos e de uma atividade de pinhole (câmera fotográfica artesanal).

Os debates ocorrerão no período da tarde em duas mesas: “Monitoramento das Políticas Públicas e Espaços de Participação” e “Controle Social: O Papel da Sociedade Civil na Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil”.

O auditório contará ainda com a exposição de ensaios fotográficos produzidos ao longo do projeto, ilustrando as piores formas de trabalho infantil na cidade.

Participantes

Participarão do evento como palestrantes Carlos Alberto de Souza Junior, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); Marco Silva, educador social e cientista social à frente do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua (MNMMR); Felipe Tau, gestor da Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil; Marta Volpi, assessora de Advocacy e Políticas Públicas da Fundação Abrinq e Andressa Pellanda, coordenadora executiva da Campanha Nacional pelo Direito à Educação e representante da Campanha 100 Milhões por 100 Milhões no Brasil; estarão presentes também representantes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo.

Estão abertas 150 vagas para a participação de profissionais do Sistema de Garantia de Direitos e da sociedade civil como um todo.

Inscrições

As inscrições são gratuitas e abertas a todo o público da cidade de São Paulo. Basta acessar o link abaixo e preencher o formulário:
bit.ly/seminariotiemsp

Os participantes receberão ao final do evento um exemplar do “Guia Passo a Passo: Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil”.