Crédito: Divulgação Emef Dr. Abrão Huck

A pandemia deixou muitas marcas na comunidade escolar da Emef Dr. Abrão Huck, em Heliópolis, na Zona Sul de São Paulo. A percepção da diretora Claziane Pereira de Lima foi de que a exclusão escolar, a queda no rendimento e o trabalho infantil aumentaram durante o período. Como resposta, a escola criou o projeto Recuperação das Aprendizagens, voltado para estudantes dos 7º, 8º e 9º anos.

São oferecidas aulas extras de língua portuguesa, matemática, ciências humanas, ciências naturais e educomunicação. De acordo com a diretora, os alunos ficam na escola das 12h às 13h30, após o término da aula.

“Os participantes do programa são selecionados pela vulnerabilidade social e pela dificuldade de aprendizagem. Fica quem precisa mais. Para isso, fizemos uma avaliação diagnóstica das cinco turmas. A ideia é garantir o desenvolvimento das habilidades perdidas durante a pandemia”, explica.

O objetivo é trazer as famílias para dentro da escola por meio das crianças. Para Claziane, na medida em que a criança gosta do espaço e é atraída por projetos, a família acaba sendo pressionada a levá-la às aulas.

Confira mais detalhes sobre esse e outros projetos no Criança Livre de Trabalho Infantil, onde também há dicas de como replicar a ideia em sua escola. Clique neste link para acessar.