[galeria id=1176]

O crochê saiu do baú da vovó para reinar como tendência forte da primavera e do verão. A trama aparece em cúpula de abajur de design, mantas de sofá, bijuterias, joias e em roupas de grife. O fashionista Alexandre Herchcovitch, por exemplo, tem nesta coleção uma saia de crochê rodada, e Salvatore Ferragamo, uma bolsa.

Há até lojas especializadas em crochê. Em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, funciona a butique Giovana Crochet, que tem mais de 60 modelos à venda. São vestidos, saias, blusas e casacos feitos com os mais diferentes pontos. Como tendência para o verão, a loja aposta em vestidos longos. Um listado de alça sai por R$ 3.200.

“Eu me surpreendi quando vi as roupas de crochê. Elas são sofisticadas”, diz Melissa Fernandes de Oliveira, de 35 anos, diretora de Operações do Hotel Unique. “São peças exclusivas. Ninguém vai aparecer na festa com outra igual.”

A dona da loja, Giovana Dias, de 41 anos, desenha os modelos e repassa para as crocheteiras. “Tenho 80 pessoas trabalhando diretamente e indiretamente para a minha grife”, afirma.

Também é um grupo de crocheteiras anônimas que abastece as prateleiras da Lá da Venda, mix de café, restaurante e loja, na Vila Madalena, na zona oeste. Montado nos moldes de uma venda antiga, o estabelecimento tem uma boa variedade de artigos feitos ou enfeitados com os pontos de crochê. Há desde tradicionais panos de prato com bordas arrematadas por delicados bicos (R$ 25) a almofadas (R$ 45,50) e mantas para sofá (R$ 480).
Vale gastar um tempinho para garimpar achados na loja, como um xale de crochê, de R$ 35, que estava misturado com outras peças de promoção em uma cesta colocada no chão.

“O valor da etiqueta não paga nem a lã usada na peça”, avisa a vendedora.
Fique de olho também no teto do mezanino. Ali geralmente são perduradas mercadorias interessantes, caso de uma bolsa em forma de casa infantil.

O crochê é uma técnica artesanal, feita com uma agulha de gancho, que trabalha qualquer tipo de fio – até o de ouro. É o que faz a Vivara, marca de joias que bolou uma coleção reproduzindo a trama em pulseira (R$ 18.050), anel (R$ 4.990) e brincos (R$ 7.990).

Para quem quer gastar menos, peças parecidas podem ser encontradas em casas de bijuterias, mas em materiais menos nobres, como cobre.

ONDE: LÁ DA VENDA.RUA HARMONIA, 161, VILA MADALENA, TEL.: (11) 3037-7702.

GIOVANA CROCHET.RUA JOAQUIM ANTUNES, 243, PINHEIROS, TEL.: (11) 3062-8432 OU WWW. GIOVANACROCHET.COM.BR.

VIVARA. WWW.VIVARA.COM.BR OU SAC: 0800-7744999.

SALVATORE FERRAGAMO.RUA HADDOCK LOBO, 1.583; TEL.: (11) 3081-5324.

PANDORA.WWW.PANDORA.COM.BR OU TEL.: (11) 3081-3301.

BERTOLUCCI. WWW.BERTOLUCCI.COM.BR OU TEL.: (11) 3873-2879.

MISSONI HOME. RUA LOURENÇO DE ALMEIDA, 805, MOEMA, TEL.: (11) 3320-5555

A LOT OF. AL. GABRIEL MONTEIRO DA SILVA, 256, JARDINS. TEL.: (11) 3068-8891 / 3068-9370

RIACHUELO. SAC 0800 701 4342 OU WWW.RIACHUELO.COM.BR