Se você é do tipo que, no cinema, fica com um olho na atuação dos atores e o outro na cenografia, então deve estar curioso para ver Coco Antes de Chanel (Coco Avant Chanel, 2009). Audrey Tautou, ao lado, protagoniza a produção francesa dirigida por Anne Fontaine. No Brasil, a estréia será só em 30 de outubro, mas o filme já está em cartaz na França – e teve boa recepção. Clóvis Pareiko, amigo cinéfilo que vive em Paris, foi conferir rapidinho o resultado do orçamento estimado em mais de 19 milhões de euros. Não pense que, na ambientação, se verá o glamour típico dos anos 40. “Como a história retrata o período pregresso à carreira dela de estilista, o mobiliário é mesmo o do fim do século 19, com aquele clima de decadência”, conta o designer gráfico. Nascida Gabrielle, Coco Chanel (1883-1971) transcendeu os costumes da época e sua condição social para estabelecer, mais do que moda, um estilo que se tornaria icônico no século 20. O recorte da obra revela a garota pobre e autodidata, impulsionada pelo jovem – e rico – Étienne Balsan. Essa é só uma passagem de sua trajetória. O fato é que a personagem chegou lá e deixou frases memoráveis. Vale a pena citar uma, ainda que ausente na película, lembrada por Clóvis: “O luxo não é o oposto da pobreza. É o contrário da vulgaridade”.

Cadeiras Thonet pontuam a cena com Audrey Tautou

VÍDEO CLUBE
Acompanhe, a seguir, o trailer de Coco Antes de Chanel

[kml_flashembed movie=”http://www.youtube.com/v/EMMYZopiqhA” width=”425″ height=”344″ wmode=”transparent” /]