Pedaços de porcelana e fios de prata fazem a releitura da camiseta

Pedaços de porcelana e fios de prata fazem a escultura-camiseta

 

Incrível a polo acima, né? Mas não se trata de uma camiseta comum. É uma escultura, ainda que usável, feita pelo chinês Li Xiaofeng com fios de prata que unem 317 fragmentos de porcelana, alguns inspirados na dinastia Ming.

Com desenhos construídos, repletos de simbologia, a obra marca a versão 2010 do projeto Holiday Collector’s Series, da Lacoste e seu emblemático crocodilozinho. A peça será apresentada amanhã no Musée des Arts et Métiers, em Paris. No mês de outubro, será a vez do lançamento em Pequim, na Red Gate Gallery.

O artista criou, além daquela releitura, estampas a partir de cacos azuis e brancos, impressas numa edição de 20 mil camisetas para homens e mulheres. Cem delas devem chegar à flagship da marca, na Oscar Freire, no fim do segundo semestre. O preço não foi divulgado.

A cada ano, a grife francesa convida personalidades de segmentos que não o da moda para reinventar o visual desse ícone, lançado por René Lacoste em 1927. É o caso de Fernando e Humberto Campana (2009), Michael Stipe (2008), Michael Young (2007) e Tom Dixon (2006).

 

Li Xiaofeng, convidado pela Lacoste para o Holiday Collector's Series

Li Xiaofeng, convidado pela Lacoste para o Holiday Collector's Series