A fachada do projeto premiado

O brasileiro Marcio Kogan foi o primeiro colocado na categoria residencial do Leaf Awards 2009, importante prêmio europeu de arquitetura, com uma casa localizada na praia de Santa Rita, próximo a Paraty (RJ). Concorreram com ele obras do polonês Robert Konieczny e do japonês Kenji Tagashira. A premiação ocorreu no final da tarde da última sexta-feira, em Berlim. A casa projetada por Kogan compõem de dois volumes destacados. São duas caixas de concreto aparente engastadas na encosta. Elas se projetam para fora da montanha, quase na altura da praia, em balanço. Os moradores só chegam de barco. Um detalhe incrível é o hall de entrada, feito de uma ponte metálica sobre um espelho d’água forrado por seixos de cristais. “Ali é quase uma caverna, escura, completamente diferente da luz intensa observada ao subir a escada que se conecta ao volume inferior”, conta Marcio, cujo trabalho por vezes procura mexer com as emoções das pessoas. O detalhamento e o acabamento impecáveis são outras características de suas obras, baseadas na cultura modernista brasileira.


O hall de entrada