Em Atlanta, o lounge Himitsu (segredo, em japonês) chegou para ser o espaço mais exclusivo da cidade: os clientes só são aceitos depois de fazerem reserva e receber um código por e-mail ou telefone. Um scanner de retina completa a ideia de mistério. Parece excessivo, especialmente para uma cidade que ainda está lutando para se destacar num país dominado pelo glamour de NY e Los Angeles, mas para garantir o sucesso do projeto, ninguém menos do que o britânico Tom Dixon foi chamado para assinar o projeto inspirado em Tokyo.

A fórmula deu tão certo que o Himitsu virou assunto de veículos importantes, como Wallpaper, FastCompany e Details. Esta última revelou que somente em Cristais Saint Louis e Baccarat foram gastos 200 mil dólares. Quem clicou o ambiente para a divulgação na imprensa foi Emily Andrews e as fotos revelam um pouco do espaço, que manteve parte da estrutura original de concreto:

1

2

3

4

Apesar da inspiração oriental, o resultado, como as fotos mostram ficou bem ocidentalizado, especialmente por conta do lado industrial, que cria um contraste interessante com os elementos mais intimistas e as cores mais escuras escolhidas pelo escritório do Tom Dixon no primeiro projeto de hospitalidade dele nos Estados Unidos.

O Himitsu é iniciativa de Farshid Ashid, que há algum tempo abriu o Umi, um restaurante japonês em Atlanta:

5

Foto: divulgação Umi

E então? Quer ver de perto? No site estão as coordenadas para fazer a reserva.