O shake preparado na feira noturna de orgânicos pela chef Leila D. Divino! FOTO: LILIA CARVALHO/BLOG DESTEMPERADOS

Divino o milk-shake feito ontem pela chef Leila D em uma oficina gratuita de culinária viva, durante a Feira Noturna de Orgânicos, promovida todas as terças-feiras, das 16h30 às 20h30, no Parque da Água Branca, na capital paulista – a feira, que foi inaugurada no dia 17 de setembro, além de ser uma excelente opção de horário para compras orgânicas, transformou-se também em nova opção cultural nas noites de terça-feira.

No dia 17, a AAO – Associação de Agricultura Orgânica, promotora do evento, inaugurou o novo horário com o cineclube ambiental. Ontem, ocorreu a oficina de culinária. Na próxima terça-feira, dia 1º de outubro, os visitantes terão música ao vivo, com show de rock, a partir das 19h.

Voltemos à receita divina ensinada pela chef Leila D. O “milk” do shake não foi o leite de vaca, e sim o leite feito a partir de castanhas-do-pará e amêndoas orgânicas. Para completar a receita, morangos orgânicos congelados, maçã e banana. E, surpreendentemente, para adoçar o milk-shake, nada de açúcar ou adoçantes orgânicos (por exemplo, agave), mas sim uvas-passas! Veja a receita completa abaixo, inclusive com o aproveitamento das castanhas e amêndoas moídas, que, temperadas, resultam, por exemplo, num excelente patê ou em algo que sua imaginação criar. A maior parte dos ingredientes pode, inclusive, ser comprada na feira da AAO.

Milk-shake com leite de castanhas-do-pará e amêndoas

250 gramas de castanhas-do-pará

250 gramas de amêndoas

Morangos congelados, bananas maduras e maçãs (na proporção que lhe agradar)

150 gramas de uvas-passas escuras

Modo de preparo do leite de castanhas e amêndoas

Deixe, por oito horas, as castanhas e as amêndoas de molho, para que reidratem. Em seguida, bata-as num liquidificador com água (a água, junto com as castanhas e as amêndoas, deve praticamente encher o copo do liquidificador). Coe, em seguida, a mistura em um pano limpo. O líquido resultante é o leite de castanhas/amêndoas. Não jogue fora a polpa que sobrou – reserve-a para uma outra receita!

Bata no liquidificador, com o leite de castanhas/amêndoas, os morangos, as maçãs e bananas, adicionando, para adoçar, as uvas-passas (que também devem ser reidratadas por duas horas antes de serem utilizadas). Está pronto o divino milk-shake de leite de castanhas, um “super alimento”, como diz a chef Leila D.

Já aquela polpa que sobrou das castanhas e amêndoas batidas pode ser, por exemplo, temperada como se fosse uma ricota – com salsinha, sal, azeite ou qualquer outro tempero que lhe apetecer, transformando-se num excelente patê.