Hortaliças e legumes serão vendidos no Largo da Batata, todas as quartas. FOTO: PREFEITURA DE SÃO PAULO

Parece que São Paulo finalmente começou a despertar para os alimentos orgânicos. As mais recentes notícias deste blog anunciaram a criação de mais uma feira orgânica – no Shopping Villa-Lobos – e a permanência da Feira do Modelódromo, no Parque do Ibirapuera.

Agora, outra boa notícia: começou a funcionar, no dia 27 de agosto, mais uma feira orgânica na capital paulista, desta vez no Largo da Batata, em Pinheiros, na zona oeste. A feira dos produtores orgânicos do Largo da Batata, chamada de Quarta no Largo, é promovida pela própria Prefeitura de São Paulo, que quer incentivar a produção e o consumo de orgânicos no município, e conta com dez barracas de produtores orgânicos certificados.

Os produtos à venda são hortaliças, frutas, legumes, massas, pães e laticínios e que comparecer à feira ainda terá o prazer de degustar um café da manhã totalmente orgânico em uma das barracas.

A feira orgânica do Largo da Batata funciona todas as quartas-feiras, das 7h ao meio-dia, no próprio Largo.

Agora São Paulo conta com oito feiras 100% orgânicas. Um número ainda baixo. Curitiba, por exemplo, que tem população quase dez vezes menos do que a capital paulista, dispõe de 13 feiras orgânicas e mais um mercado municipal exclusivo para alimentos orgânicos.