Novembro Azul ainda não acabou! Aliás, esse é um importante momento do ano para reflexões acerca das doenças que acometem os homens, sobretudo àquelas relacionadas ao câncer de próstata. E acontece neste momento a fim de aproveitar as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado no dia 17 de novembro, e o Dia Internacional do Homem, celebrado em 19 de novembro.

O fato é que cuidar-se é algo que nunca deve sair de moda. E a informação é o primeiro passo para um olhar mais cuidado para consigo mesmo. Pensando nisso, convidei o médico Dr. Marcello Bossois para revelar o que são mitos e verdades quando falamos de saúde masculina.

1. Mito ou verdade que um dos principais fatores de risco para o câncer de pênis é a prática sexual com diferentes parceiras sem o uso de camisinha?
Verdade
. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a utilização do preservativo é imprescindível em qualquer relação sexual, pois diminui a chance de transmissão de DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis), tais como, o vírus HPV (Papiloma Vírus Humano), que tem sido associado por alguns estudos científicos com o câncer de pênis.

2. Mito ou verdade que feridas que surgem e logo desaparecem do pênis não são importantes?Mito. A sífilis, por exemplo, começa com uma lesão indolor na glande e, com o tempo, internaliza, passando a não responder mais ao tratamento e a quaisquer tipos de pomadas. Portanto, a homem não está curado, mas a doença internalizada estando em um estado mais grave.

3. Mito ou verdade que o câncer de próstata vai gerar sintomas quando aparecer?
Mito. No início a doença é silenciosa. Os sintomas só vão aparecer em estágios mais avançados. Alguns desses sintomas implicam em dificuldade em iniciar e manter um fluxo constante de urina, micção excessiva durante a noite ou até mesmo incontinência.

4. Mito ou verdade que se diagnosticado no início o câncer de próstata não deixará o paciente impotente?
Verdade. Quando tratado rapidamente, o paciente terá grandes chances de manter normalmente a ereção.

5.Mito ou verdade que o exame de sangue chamado PSA é suficiente para a triagem do câncer de próstata?
Mito. O exame de toque retal ainda é fundamental. Por vezes, o PSA (Antígeno Prostático Específico), que é um exame de sangue, pode acusar índices normais e o paciente já ter desenvolvido a doença, por isso não confiável com única opção de diagnóstico.

Quem quiser se aprofundar no assunto, o médico Dr. Marcello Bossois estará dia 28 de novembro às 17h na barbearia Club Men Salon da Barra da Tijuca (Av. das Américas, 3255 – loja 205 – Barra Garden Shopping), falando gratuitamente sobre outros mitos e verdades na saúde masculina. Aproveite, informe-se e cuide-se!