Sete programas de namoro precursores do Tinder

- O Estado de S.Paulo

Já pensou em passar vergonha e ainda por cima ter que beijar em rede nacional?

  

   Foto: Reprodução/SBT

Você pensa que é complicado achar um namorado ou uma namorada atualmente? Tinder, Happn, balada, nada funciona? Então você não sobreviveria à solteirice nos anos 1990. Além do arcaico cara a cara, outra forma de conhecer alguém e partir para a pegação era em rede nacional, nos famosos programas de namoro.

Imagine ter o seu perfil do Tinder exposto na TV. Era tipo isso. Só que, se você tivesse a sorte de ser escolhido ou escolhida por alguém nessa situação constrangedora, o beijo ainda tinha que rolar na frente das câmeras. 

E o caminho para passar vergonha era longo. Era preciso mandar uma carta (sim, você leu certo!) para a emissora para se candidatar ou, às vezes, ir até o local de inscrições em horário comercial, como alertava Silvio Santos. 

Pelo menos tinha um lado bom. Na maioria dos programas, a seleção era feita sem que a pessoa visse os pretendentes. Nada de jogar pra esquerda baseado nas aparências.

Veja 7 programas de namoro da TV brasileira que foram precursores do Tinder: