Empoderamento feminino é destaque na programação de junho do GNT

- O Estado de S.Paulo

O canal exibe documentários, promove evento e veicula nova chamada para reforçar a causa

O Sonho de Tipsi

O Sonho de Tipsi Foto: Divulgação/GNT

No mês de junho, o GNT amplia a discussão sobre empoderamento feminino e igualdade de gênero em sua programação. Do dia 2 a 5 do próximo mês, a faixa GNT.doc - que exibe diversos documentários - será dedicada exclusivamente ao assunto. 

Além dos documentários, o canal ainda vai estrear sua nova chamada: um apoio à campanha #ElesPorElas, da ONU Mulheres. A campanha terá participação de ativistas ou simpatizantes do movimento pela igualdade de gênero, como a escritora Antonia Pellegrino, a jornalista Adriana Carranca, a funkeira MC Carol e a blogueira Carla Lemos.

Ainda no começo do mês, será realizado o evento TEIA no Museu Brasileiro da Escultura (MUBE), em São Paulo, que vai exibir painéis, documentários, filmes, exposições e outras atrações sobre as ferramentas empoderadoras presentes nas vidas das mulheres atualmente. O evento será aberto ao público e alguns dos painéis, mediados pela apresentadora Astrid Fontenelle, terão como temas 'Coragem', 'Empatia' e 'Coletividade'. 

Os documentários serão exibidos a partir do dia 2 de junho, sempre à 0h. O primeiro deles é o Her Story, da BBC Londres, que conta a história de várias líderes mundiais, como a Ministra de Relações Exteriores da Suécia, Margot Wallström. Os outros filmes serão O Sonho de Tipsi, 4% Um Problema de Gênero, Mulheres HTML e Atitude Cor de Rosa, todos inéditos no canal.