Na geladeira da Record, Geraldo Luís é 'despejado' de seu camarim

- Bang Showbiz

Edir Macedo não gostou das críticas que Geraldo fez a funcionários da emissora ao vivo em seu programa

Apresentador foi suspenso do seu próprio programa em abril deste ano.

Apresentador foi suspenso do seu próprio programa em abril deste ano. Foto: Divulgação|Record

Geraldo Luís teria sido expulso do seu camarim na Rede Record a pedido da própria emissora. De acordo com o site Notícias da TV, a alta cúpula do canal teria mandado encaixotar os pertences do ex-apresentador do Domingo Show e devolver as roupas emprestadas que ele usava de lojas e fabricantes. 

Esse espaço que era usado por Geraldo passará por uma reforma e servirá de camarim para outro apresentador. Não se sabe ainda se Luiz Bacci, que assumiu o programa na semana passada, ocupará esse camarim.

Desde que Geraldo decidiu reclamar de funcionários da Record ao vivo em seu programa uma verdadeira batalha foi travada entre o apresentador e a emissora.

O site ainda diz a Record avalia se vale a pena comprar uma briga judicial com Geraldo, que teria descumprido uma cláusula do seu contrato, na qual diz que ele não pode criticar a emissora nem mesmo por questões técnicas (como uma falha durante uma transmissão ao vivo). 

Acredita-se que ambas as partes podem rescindir o contrato sem o pagamento da multa contratual. 

A confusão envolvendo Geraldo Luís e a Record começou em 17 de abril quando o apresentador disse no final do seu programa: "Deixa eu falar uma coisa importante. O Domingo Show tem todo esse sucesso porque, graças a Deus, a Record me permite ser quem eu sou. E tudo aquilo que eu sinto eu falo. Eu sou muito feliz nesta casa, mas eu quero dizer que eu fiquei muito triste hoje. Como um contador de histórias, é muito difícil eu ver uma matéria, como eu vi a minha agora ser... [cortada], não pelos editores, que eu tenho uma equipe maravilhosa. Mas não façam mais isso, porque eu faço com tanto amor, eu brigo pela Record. Tem gente que tá aqui e não briga, cospe no prato que come. Eu não, brigo. Não sou covarde. Então quando vejo uma matéria minha que poderia ter rendido mais, eu brigo mesmo e, que pena! Não façam mais isso que vocês fizeram comigo. Pelo amor que eu tenho por essa emissora, por tudo, por favor, não façam mais isso com a minha matéria, em respeito profissional a mim também".

Na ocasião, o dono da Record, o bispo Edir Macedo, estaria assistindo ao programa e automaticamente mandou suspender seu funcionário. A Record e nem mesmo Geraldo Luís comentaram o caso.

 

Leia também no E+:

Anitta reclama do excesso de fome e mostra barriga 'roliça' no Snapchat

Segurança pessoal de Ana Maria Braga vende 'muambas' dentro da Globo