Morte de animais em programa de TV causa polêmica entre apresentadores

Redação - O Estado de S.Paulo

Programa do Reino Unido exibiu pessoas matando crocodilos, entre outros animais

Crocodilos foram mortos pelos participantes do programa

Crocodilos foram mortos pelos participantes do programa Foto: Reprodução de 'The Island with Bear Grylls' (2017) / Channel 4

Um programa de televisão causou controvérsia no Reino Unido ao televisionar a morte de animais e dois grandes apresentadores do país foram arrastados para o centro da polêmica.

No programa The Island with Bear Grylls, exibido no final de 2017, celebridades apareceram matando perus, porcos e crocodilos. A Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais, em português) condenou as cenas.

O naturalista David Attenborough, nome mais influente de programas de conservação animal da Inglaterra, também se posicionou. Ele acusou Bear Grylls, apresentador do programa onde ocorreram as cenas, de “exibir a morte de animais apenas pelo entretenimento”.

“Grylls terá de responder pelos seus atos”, disse David ao jornal The Sun. Ele ainda afirmou que em toda a sua carreira (ele possui, atualmente, 91 anos) nunca televisionou a morte de animais.

Bear é conhecido por seus programas nos quais sobrevive na natureza selvagem em situações adversas. Ele não respondeu aos comentários de David.

David Attenborough e Bear Grylls

David Attenborough e Bear Grylls Foto: Suzanne Plunkett / Reuters | Jonathan Alcorn / Reuters