Morre, aos 81 anos, Waldyr Sant'anna, 1º dublador de Homer Simpson

Redação - O Estado de S.Paulo

'Muito querido por todos nós na dublagem', lamentou o colega Guilherme Briggs

Waldyr Sant'anna e seu personagem mais conhecido, Homer SImpson.

Waldyr Sant'anna e seu personagem mais conhecido, Homer SImpson. Foto: YouTube / @Locutores & Dubladoress p | YouTube / @Animation on FOX

O ator e dublador Waldyr Sant'anna, lembrado especialmente por ter dado voz à versão brasileira de Homer Simpson durante as primeiras temporadas de Os Simpsons, morreu neste sábado, 21, aos 81 anos de idade. 

O colega de dublagem, Guilherme Briggs, lamentou a notícia em seu Instagram e publicou uma homenagem.

"Ele sempre era calmo, tranquilo e bem humorado, o que fazia toda a diferença. [...] Inteligente, espirituoso, criativo, divertido e dono de um delicioso humor, Sant'Anna era muito querido por todos nós na dublagem", escreveu.

Além de dublar inúmeros desenhos e filmes, entre eles o personagem de Eddie Murphy em Um Príncipe em Nova York, também atuou em diversas novelas e produções da TV aberta, como Roque Santeiro, da Globo, em 1985.

Assista a um vídeo com cenas de alguns personagens que Waldyr dublou, feito por um fã, e, em seguida, uma de suas participações em novelas:

Confira também uma entrevista de Waldyr feita pelo site Dubladores.com:

 

Faleceu esta manhã o ator e dublador Waldyr Sant´Anna, nossa eterna primeira voz do Homer Simpson e de tantos outros personagens. Fica aqui minha homenagem simples ao meu primeiro diretor de dublagem, na VTI Rio, que me deu meu primeiro papel em seriado, o Worf (Star Trek: A Nova Geração) e sempre foi super fã dos meus desenhos, de minha arte e extremamente paciente comigo em meu início de carreira como dublador. Ele sempre era calmo, tranquilo e bem humorado, o que fazia toda a diferença. Sant´Anna sempre me incentivava e gostava de ter longas conversas comigo, o que eu apreciava demais. Inteligente, espirituoso, criativo, divertido e dono de um delicioso humor, Sant´Anna era muito querido por todos nós na dublagem. Descanse em paz, fique com Deus e muito obrigado por tanto apoio e confiança em meu trabalho como artista, Sant´Anna, isso foi muito importante pra mim.

Uma publicação compartilhada por Guilherme Briggs (@guilhermebriggs) em

VEJA TAMBÉM: Quem são as pessoas por trás das vozes que ouvimos na TV?