'Já deveríamos ter tido um Doctor negro', diz Colin Baker de 'Doctor Who'

Redação - O Estado de S.Paulo

O ator, que interpretou a sexta encarnação do personagem nos anos 1980, também comemorou a escolha de uma mulher

Colin Baker (à direita) afirmou que afirmou em painel durante a San Diego Comic-Con que já passou da hora de termos um Doctor negro.

Colin Baker (à direita) afirmou que afirmou em painel durante a San Diego Comic-Con que já passou da hora de termos um Doctor negro. Foto: YouTube.com/user/TheAnglophileChannel

Colin Baker, ator que interpretou a sexta encarnação do Doctor, protagonista da série Doctor Who, entre 1984 e 1986, afirmou em painel durante a San Diego Comic-Con que já passou da hora de termos um Doctor negro.

“Não é segredo nenhum que homens brancos dominaram o papel durante esse tempo todo", disse Baker ao responder à pergunta de um fã.  Mas agora que a BBC quebrou a primeira barreira do preconceito e colocou uma mulher como Doctor, vamos esperar para ver o que acontece na próxima regeneração [evento na série quando mudam o ator nesse papel]”, completou.

A BBC, emissora britânica que produz e veicula Doctor Who, anunciou no último domingo, 16, que a atriz Jodie Whittaker será a 13ª encarnação do protagonista, o que causou polêmica entre alguns fãs que acreditam que o Doctor só poderia ser homem.

Complementando a resposta de Baker, Colin Davidson, que interpretou o quinto Doctor, ponderou que a preocupação desses fãs tem que ser respeitada. “Eu fui muito criticado quando fui contratado para ser o Doctor porque até então era o ator mais jovem a interpretar o papel. Com o tempo os fãs foram se acostumando e me aceitaram. Acredito que o mesmo vá acontecer com a Jodie”, falou o ator, que participou da série entre 1981 e 1984.

Jodie Whittaker fará sua estreia como a 13ª Doctor no episódio especial de Natal, que vai ao ar no próximo dia 25 de dezembro e tem transmissão no Brasil pelo canal SyFy.

VEJA TAMBÉM: Personagens clássicos que 'viraram' mulher.