Fox lança serviço de streaming não vinculado à TV a cabo no Brasil

Hyndara Freitas - O Estado de S.Paulo

Novo modelo do Fox + vai custar R$ 34,90 mensais e será vinculado a provedoras de banda larga ou operadoras de telefonia móvel

'Glee' é uma das séries mais famosas da Fox e vai estar no catálogo de seu novo serviço de streaming. 

'Glee' é uma das séries mais famosas da Fox e vai estar no catálogo de seu novo serviço de streaming.  Foto: Cena de 'Glee'/Fox

Após causar muita tristeza aos fãs de produções como How I Met Your Mother e Prison Break com a saída das séries da Netflix em 2017, a Fox investiu em seus serviços próprios, melhorou o Fox Premium e lançou o aplicativo Fox +. Até então todo o conteúdo de seus 11 canais no Brasil estava restrito à quem tinha pacotes de TV por assinatura, porém isso muda a partir deste mês. 

O Brasil será o primeiro país da América Latina a receber as mudanças do Fox +: com custo de R$ 34,90 mensais, o serviço poderá ser adquirido de forma independente da assinatura de TV a cabo, e vai oferecer conteúdo a todo o catálogo de séries da Fox e da programação linear dos 11 canais da emissora disponíveis no Brasil, como Fox Life, National Geographic, NatGeo Kids e FX, incluindo as transmissões ao vivo – o Fox Sports vai exibir todos os jogos da Copa do Mundo 2018, em dispositivos como celulares, smart TVs, consoles com acesso à internet, tablets, Apple TV e Chromecast. 

Se por um lado se liberta da TV a cabo, a Fox ainda não oferece um serviço totalmente independente, pois o Fox + será vinculado a provedoras de banda larga ou operadoras de telefonia móvel. "Você vai ligar na sua TV por assinatura ou na operadora de celular e falar que quer comprar um pacote do Fox +, e aí vai vir na sua conta o valor que você já paga mais os R$ 34,90 do serviço. Você já tem a relação hoje, não tem de abrir uma nova conta, pagar um novo boleto", explicou Michel Piestun, presidente da Fox no Brasil, ao E+.  O valor dá direito a até cinco dispositivos associados à mesma conta, com streaming simultâneo em dois dispositivos. 

O mesmo modelo foi lançado no México há pouco mais de um mês com o mesmo valor, e agora é a vez do Brasil por conta da maior presença de jovens – de acordo com dados do IBGE de 2016, 50% da população brasileira se encontra na faixa etária de 0 a 35 anos – e da grande fatia de mercado que o País representa a níveis continentais e mundais. 

"O Brasil tem o dobro do tamanho do México e de qualquer outro mercado na América Latina, e a população é formada por pessoas muito jovens, pelos millenials, que estão acostumadas com conteúdo em streaming e que preferem o conteúdo sob demanda à TV paga, e assistem em outras plataformas como celular e computador. São diferentes formas de consumo e é importante acompanhar isso", detalha Carlos Martinez, presidente da Fox Networks Group na América Latina. Após o Brasil, o novo modelo do Fox + deve ser lançado na Colômbia e no Peru.

O serviço será lançado em parceria com as principais operadoras de banda larga e telefonia móvel do Brasil e deve estar disponível para todos até o fim de abril. Questionado se o Fox + vem para competir com serviços já existentes no mercado, como Netflix e HBO Go, Piestun diz que não. "A ideia é ser diferente porque a gente tem os canais e os eventos ao vivo combinados com as séries on demand. É um serviço inovador, diferente, voltado a expandir o universo de pessoas que vão ter acesso ao nosso conteúdo", diz.  Vale ressaltar que quem já possui assinatura de TV a cabo consegue acessar os mesmos recursos assinando o Fox Premium. 

'Atlanta' é uma das séries da Fox de maior sucesso atualmente e estará no catálogo do Fox+. 

'Atlanta' é uma das séries da Fox de maior sucesso atualmente e estará no catálogo do Fox+.  Foto: FX Networks

Novas temporadas e lançamentos. O novo modelo do Fox+ está aliado a novidades para os aficionados por séries. Nesta semana, a Fox lançou Brittania Trust, e a terceira temporada de The Americans e a segunda de Atlanta devem estrear em breve. Já no quesito produção nacional, 1 Contra Todos ganha terceira temporada no dia 22 de abril.

Para o segundo semestre deste ano, também está prevista uma nova série original nacional, chamada Ouro Branco. " É uma série que retrata o tráfico de drogas no Rio de Janeiro nos ano 1990 de forma ficcional", adianta Sergio Domanico, vice-presidente da Fox no Brasil. André Gonçalves, Sergio Malheiros e  Leandro Firmino são alguns dos atores que estrelam a trama. 

Para além das séries, um dos carros-chefe do serviço será a Copa do Mundo, cujos jogos serão exibidos pela Fox Sports. Nessa área, a Fox desenvolveu o projeto Narra Quem Sabe, que consiste em um processo seletivo que já está em fase final, em que seis narradoras estão sendo treinadas em seus estúdios e três delas serão selecionadas para narrar os jogos da competição que tem início em julho.