Em 'Haja Coração', Mariana Ximenes explora seu lado cômico na pele de Tancinha

MURILO BUSOLIN - O ESTADO DE S. PAULO

Além de ser uma dos destaques da nova novela das 19h, a atriz estrela e produz o longa 'Uma Loucura de Mulher'

A atriz Mariana Ximenes interpretará Tancinha em 'Haja Coração!'

A atriz Mariana Ximenes interpretará Tancinha em 'Haja Coração!' Foto: Divulgação

A partir desta terça-feira, 31, Mariana Ximenes assume a missão de 'ressuscitar' Tancinha - personagem de Sassaricando (1987) que projetou a carreira de Claudia Raia - na novela Haja Coração, substituta de Totalmente Demais. Assim como a versão original, a nova Tancinha também estará à frente de cenas cômicas da trama. 

O humor parece dar o tom ao atual momento profissional de Mariana. Além de Tancinha, ela está prestes a se apresentar ao público como Lúcia, a protagonista da comédia Uma Loucura de Mulher, que estreia nesta quinta-feira, 2, nos cinemas.

"Creio que no começo do filme, Lúcia esteja mais bela, recatada e do lar por ser apenas a acompanhante de seu marido nos eventos, mas quando ela decide correr atrás de uma nova vida e ser mais livre, ela passa a questionar tudo em sua volta, combina exatamente com o momento que o Brasil passa, de questionamento", diz Mariana, tentando traçar um paralelo entre a ficção e o momento político do País.

No desenrolar do longa, Lúcia acaba se tornando uma mulher mais humorada, livre e desinibida, características marcantes que se assemelham ao bom humor de Tancinha, sua personagem em Haja Coração.

Tancinha é uma feirante conhecida por seu alto astral e por sua autenticidade, e vai se envolver com Apolo, interpretado por Malvino Salvador. Um fato interessante é que o tom humorístico da personagem nas telinhas acaba lembrando o desenvolvimento da personagem de Mariana nas telonas.

Mariana Ximenes terá novos personagens na televisão e no cinema

Mariana Ximenes terá novos personagens na televisão e no cinema Foto: Divulgação

No filme, sua personagem é casada com o candidato político Gero, vivido por Bruno Garcia, e deixa de lado todo o seu companheirismo e fidelidade ao ser vítima de uma conspiração do próprio marido. Lúcia sofrerá assédio sexual do senador Waldomiro, interpretado por Luiz Carlos Miele, e Gero dirá à imprensa que sua mulher está louca.

A personagem foge para o Rio de Janeiro e passa a desfrutar de uma vida livre, em busca de seus próprios sonhos. A partir deste momento, Lúcia, agora solteira, torna-se uma mulher mais desinibida e independente. 

"O time de artistas que integram esse projeto foi o que mais me motivou durante toda a produção. O aprendizado é enorme e eu gosto de me envolver com tudo. O entrosamento desses profissionais envolvidos foi algo precioso para produzirmos o filme, porque no Brasil é muito difícil de realizar esse tipo de produção, é preciso ter muita vontade e jogo de cintura para lidar com todo o processo", explica Mariana, que além de atuar, também produziu o longa.