'Deveríamos ter uma taxa de cancelamento mais alta', diz CEO da Netflix

Redação - O Estado de S.Paulo

Reed Hastings pede que empresa arrisque mais em suas produções, como fez em '13 Reasons Why'

Reed Hastings, CEO e um dos fundadores da Netflix

Reed Hastings, CEO e um dos fundadores da Netflix Foto: Paul Hanna / Reuters

CEO e um dos fundadores da Netflix, Reed Hastings deu uma entrevista à rede americana CNBC, onde revelou acreditar que a empresa precisa arriscar mais em suas séries para que elas deem certo, mesmo que isso indique uma maior quantidade de cancelamentos.

Durante o programa, Hastings comentou que a taxa de sucesso das séries do canal vem sendo considerada alta, o que faz com que hajam poucos cancelamentos. 

"Estou sempre cobrando nosso time de conteúdo: temos de tomar mais riscos, tentar mais coisas loucas, porque nós devemos ter uma taxa de cancelamentos mais alta, no geral. Desta forma, podemos ter alguns programas 'vencedores' que são inacreditáveis", disse.

Ele cita como exemplo 13 Reasons Why, produção que gerou polêmicas e trouxe riscos, mas que deu certo ao final das contas: "Ao longo dos últimos três meses [a série] vem sendo um grande sucesso para nós. Quero dizer, era uma grande série, mas nós não percebemos como ela daria certo".