Depois de Bonner, repórter chama Temer de ex-presidente

Redação - O Estado de S.Paulo

Júlio Mosquéra se confundiu enquanto falava ao vivo no Jornal Nacional desta terça-feira, 6

Repórter se confundiu durante o Jornal Nacional

Repórter se confundiu durante o Jornal Nacional Foto: Globo/João Cotta

Após William Bonner se confundir e chamar Michel Temer (PMDB-SP) de 'ex-presidente', agora foi a vez do colega Júlio Mosquéra. No Jornal Nacional desta terça-feira, 6, ele fazia a cobertura do julgamento da chapa Dilma-Temer e se confundiu ao vivo, enquanto fazia uma transmissão direto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de Brasília para a Globo.

"Apenas um argumento foi diametralmente oposto. O advogado do ex..., do presidente... é... Michel Temer, Marcos Vinicius Furtado Coelho, alegou que não se pode julgar o presidente Michel Temer junto com a ex-presidente Dilma Rousseff, que são casos separados, contas separadas durante a campanha eleitoral", disse Mosquera.

O erro aparece por volta do minuto 40 no vídeo:

A gafe de Mosquera se seguiu à de Bonner, em maio, ao também chamar Michel Temer de 'ex-presidente'.

Nas redes sociais, internautas apontaram o erro.