Atrizes de 'The Big Bang Theory' conseguem aumento após protesto

Redação - O Estado de S.Paulo

Mayim Bialik e Melissa Rauch fecharam novo acordo para voltar à TV

Mayim Bialik e Melissa Rauch protestaran e conseguiram um aumento salarial. No entanto, continuam ganhando menos que seus colegas de trabalho homens

Mayim Bialik e Melissa Rauch protestaran e conseguiram um aumento salarial. No entanto, continuam ganhando menos que seus colegas de trabalho homens Foto: Danny Moloshok/Reuters

As atrizes Mayim Bialik e Melissa Rauch conseguiram um aumento salarial e fecharam contrato para as próximas temporadas de The Big Bang Theory. Elas ganhavam em torno de U$ 200 mil por episódio, enquanto cada um do elenco inicial da série recebe cerca de U$ 1 milhão por programa. 

Com o fim do contrato que determinava esse salário, Bialik e Rauch exigiram uma paridade salarial em relação aos outros membros do elenco. Os atores Jim Parsons, Johnny Galecki, Simon Helberg e Kunal Nayyar e a atriz Kaley Cuoco ganham mais porque fazem parte do elenco da série desde a primeira temporada. Para que as atrizes conseguissem o aumento, esses cinco artistas propuseram reduzir U$ 100 mil de seus salários.

Porém, mesmo com a alteração, Bialik e Rauch continuam ganhando bem menos que seus colegas. Depois da negociação, elas passarão a ganhar U$ 500 mil por episódio nas próximas duas temporadas e os atores do elenco original receberão U$ 900 mil.