Ator de 'Velozes e Furiosos' critica The Rock e produtor do filme

Redação - O Estado de São Paulo

'Esse tempo todo ele teve um problema por não ser o único no pôster do filme', escreveu Tyrese Gibson

Tyrese Gibson e Dwayne Johnson

Tyrese Gibson e Dwayne Johnson Foto: Danny Moloshow / Reuters | Andrew Innerarity / Reuters

Após o adiamento do nono filme da franquia Velozes e Furiosos, o ator Tyrese Gibson, que participou de cinco filmes da série, criticou, por meio de seu perfil no Instagram nesta quinta-feira, 5, o ator Dwayne Johnson, conhecido como "The Rock", a quem acusou de acabar com a "família Velozes e Furiosos". 

Gibson também foi duro com o produtor do sétimo filme da série (um dos quatro que Johnson fez), Hiram Garcia.

A Universal Pictures anunciou na quinta-feira que o novo filme da franquia, previsto para 2019, será lançado apenas em 2020 para dar lugar a um spin-off da série sobre o personagem de Johnson, o agente policial Luke Hobbs. "Obrigado Hiram e Dwayne, vocês separaram a família", escreveu Gibson. "Parabéns por fazerem a franquia de Velozes e Furiosos sobre vocês", disse.

"Diversidade, amor, multietnia do mundo todo, multigeracional, nações unidas, uma raça, uma família, até Dwayne aparecer. Acho que esse tempo todo ele teve um problema por não ser o único no pôster do filme", criticou Gibson.

O spin-off tem estreia prevista para 26 de julho de 2019, e, além de Johnson, também contará com Jason Statham no elenco. Ambos contracenaram nos filmes 7 e 8 da franquia. Ao todo, Johnson atuou em quatro filmes dos velozes (do 5º em diante), enquanto Statham fez apenas os últimos dois.

Veja também: Sete brigas entre artistas que vão fazer você pensar 'poderia ser eu'