Ana Paula Padrão discute machismo em reunião do 'MasterChef Profissionais'

- O Estado de S.Paulo

Marcelo debateu com a apresentadora e disse que 'vivemos num mundo que assimila que tudo é machismo'

Ana Paula Padrão discute situações machistas do 'MasterChef Profissionais'.

Ana Paula Padrão discute situações machistas do 'MasterChef Profissionais'. Foto: Reprodução/Twitter

Na última terça-feira, 20, foi exibida uma reunião com todos os integrantes do MasterChef Profissionais na Band, em que eles comentaram momentos do reality. Num dos momentos, Ana Paula Padrão discutiu machismo com Marcelo e Ivo.

Tudo começou quando a apresentadora relembrou o momento em que Ivo mandou Dayse varrer o chão e questionou se ele era machista, ao que ele respondeu: "Gente do céu, imagina, de jeito nenhum. Não, não sou machista, jamais!". Então Ana Paula disse: "O que é isso aí então? Preconceito?".

Então Marcelo se envolveu na discussão e questionou a edição do programa, relembrando um episódio em que a participante Fádia ficou descontente com uma tarefa. "Eu falei: 'A Fádia vai desossar', e o que ela falou? 'Dois homens e eu que fiz'. Então ela vai fazer porque é mulher e vai para cima, mas simplesmente inverteram com ela falando: 'Dois homens e eu que fiz'? Onde está o lado do feminismo e do machismo?", disse Marcelo.

Nisso, a apresentadora conceituou o feminismo: "Em primeiro lugar, não sei se desossar é o lado podre. Sou uma leiga, como diz o João. Segundo, machismo não é o contrário. Ou melhor, o feminismo não se opõe ao machismo. O feminismo é apenas a necessidade e a defesa de que ambos os gêneros tenham as mesmas oportunidades".

Mas o participante não ficou contente e disse: "Ou seja, se você dar para ela e ela falar 'Dois homens e eu que tenho que fazer o serviço pesado', então não tem comparação de nível. A mulher tem que situar um nível de igualdade. A partir do momento em que se faz inferior, ela está fazendo a própria vítima da história. Infelizmente, a gente vive num mundo em que todo mundo assimila que tudo é machismo. Aposto que o Ivo pegaria a vassoura e mandaria para mim. Eu, quando perdi meu pai, infelizmente, voltei para trabalhar e o chef botou o dedo na minha cara e falou que eu era um m..., e não porque sou homem ou mulher, mas a profissão exige essa pressão, essa parte forte. Cozinha é assim, isso não vai mudar".

A apresentadora então se irritou por não conseguir falar e disse: "Deixa eu terminar de falar, Marcelo, por favor! Ele não disse 'Marcelo, vai varrer o chão', 'Dário, vai varrer o chão'. Nós estamos discutindo uma coisa que aconteceu. Ele poderia ter dito isso para um homem? Não sei, mas ele não disse. Ele disse para uma mulher. Eu não estou considerando isso. O público considerou isso algo machista".

Dayse, então, resolveu neutralizar a discussão, dizendo que "o pessoal que está em casa não entende a pressão que a gente passa aqui. Aqui é muito mais pressão do que em uma cozinha normal. O psicológico, câmera. De verdade, não fiquei nada ofendida com isso, tanto que vocês viram que não fiz nada. Está tranquilo. Acho que essa colocação que ele fez só foi uma frase mal colocada, mas tudo bem".

Nas redes sociais, os telespectadores comentaram a reunião do MasterChef e disseram que sim, a edição teve diversos episódios de machistas e criticaram Marcelo por sua postura.