Pabllo Vittar, Liniker e artistas LGBT se unem em ensaio na Vogue Brasil

Redação - O Estado de S. Paulo

Em looks total Gucci, elas falam sobre momento da música brasileira e preconceito

Linn da Quebrada, Liniker e Gloria Groove

Linn da Quebrada, Liniker e Gloria Groove Foto: CASSIA TABATINI/ Vogue Brasil

A cena musical LGBT no Brasil está em destaque - algo que ficou evidente quando a música Todo Dia, da cantora drag queen Pabllo Vittar, se tornou a faixa mais ouvida do Carnaval de 2017. A edição da 'Vogue Brasil' de agosto propôs o encontro das cantoras referência neste momento para um ensaio e bate-papo. Liniker, Linn da Quebrada, Pabllo Vittar, Gloria Groove, Véronica Valentino, Ivana Wonder, Lia Clark, Candy Mel, Raquel Virgínia e Assucena Assucena, de As Bahias e a cozinha mineira, foram as escolhidas pela publicação. 

“Não falo apenas sobre gênero e sexualidade, eu grito sobre a nossa vida”, afirma Linn da Quebrada, cantora trans de 27 anos. Pabllo Vittar, que possui 2 milhões de seguidores no Instagram, lidou com muita homofobia antes de chegar até o topo: “Sofri muito preconceito, mas conquistei meu espaço”, comemora. 

O styling das fotos ficou por conta de Dudu Bertholini, e as produções são todas da grife Gucci. A escolha da marca para compor as fotos não foi à toa, afinal, é a primeira do segmento fashion a fechar um acordo com a organização Parks - Liberi e Uguali. A ONG italiana apoia empresas parceiras no desenvolvimento de estratégias e práticas para respeitar a diversidade, com foco na orientação sexual e na identidade de gênero. Confira os cliques abaixo.

As Bahias e a Cozinha Mineira 

As Bahias e a Cozinha Mineira  Foto: CASSIA TABATINI/ Vogue Brasil

Lia Clark 

Lia Clark  Foto: CASSIA TABATINI/ Vogue Brasil

Pabllo Vittar

Pabllo Vittar Foto: CASSIA TABATINI/ Vogue Brasil